Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sexta-Feira, 17 de novembro de 2017 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Um ano de Bolsa Família

COLUNISTAS Edlúcio Donato

Um ano de Bolsa Família

Um ano de Bolsa Família

A equipe econômica prevê que a mudança nos juros dos empréstimos do BNDES vai gerar uma economia de R$ 74 bilhões aos cofres públicos, segundo a Folha.

"Mas a cifra corre o risco de ficar menor caso o prazo de transição para a nova taxa, proposto pelo governo, suba de cinco para dez anos, como querem parlamentares.

Com isso, a economia prevista cairia para R$ 54 bilhões, uma redução de R$ 20 bilhões – quantia que ajudaria a bancar um ano de Bolsa Família, que custou R$ 28,5 bilhões em 2016."

Empresa de Lulinha só dá prejuízo à Oi

No seu último balanço, segundo a Coluna do Estadão, a Oi Internet informa que o tamanho de sua participação na Gamecorp, empresa de Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, é de 29,9%.

"Quando a Gamecorp recebeu em 2005 o 1º aporte da Oi, Lula disse que seu filho era o 'Ronaldinho dos negócios'. De lá para cá, a empresa só registrou prejuízo, acumulado em R$ 7,095 milhões.

No balanço, a Oi informa que tem R$ 5,3 milhões a receber da Gamecorp de contrato de mútuo. A Oi não comenta o tema."

Andreza Matais acrescentou no Twitter:

"A Gamecorp, do Lulinha, continua dando prejuízo. Desde que foi criada, nunca deu lucro. A Oi continua investindo nela."

O Rio às traças e o cupim Cabral

No Rio de Janeiro, a cada três dias, uma escola municipal é invadida ou assaltada, segundo O Globo.

Entre janeiro de 2016 e abril deste ano, foram 157 furtos, 19 invasões e um caso de dano a patrimônio.

Na noite deste domingo, a Linha Vermelha teve de ser interditada por causa de um tiroteio na altura do conjunto de favelas da Maré

Sérgio Cabral, quando falou dos tempos do prefeito Eduardo Paes ao juiz Marcelo Brêtas, disse o seguinte, segundo Lauro Jardim:

"Lamento que o Rio esteja jogado às traças."

Cabral é um cupim.

 

 

 

*O Antagonista

Comentários