Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 12 de dezembro de 2017 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Farol Gospel

Cristianismo não é o único caminho para o céu, defende líder presbiteriana

Reverenda acredita que não devemos dizer o que Deus pode ou não fazer.

Cristianismo não é o único caminho para o céu, defende líder presbiteriana

(Imagem: Divulgação)

A reverenda Shannon Johnson Kershner, da 4ª Igreja Presbiteriana em Chicago, segunda maior congregação na Igreja Presbiteriana dos EUA (PCUSA), fez declarações polêmicas em entrevista recente.

Kershner afirmou que o cristianismo não é o único caminho para o céu. Considerando que a igreja liderada por ela tem 5.500 membros, suas convicções teológicas liberais mostram por que a denominação perde tantos membros anualmente.

Falando ao Chicago Sun-Times, ela defendeu que as igrejas deviam estar mais abertas. “Deus não é cristão. Quero dizer, nós somos … Para mim, a tradição cristã é a maneira de entender Deus e meu relacionamento com o mundo e outros humanos”, justificou.

Dentro de sua percepção, não deveríamos estabelecer “o que Deus pode e não pode fazer com as outras experiências espirituais”, explicou.

Kershner não está sozinha dentro da PCUSA. De acordo com o levantamento do Painel Presbiteriano (2012-2014), 45 por cento dos pastores da denominação discordam da afirmação que “apenas os seguidores de Jesus Cristo podem ser salvos”. 

Com informações Christian Post

Comentários