Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sexta-Feira, 20 de outubro de 2017 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Farol Gospel

Ministérios cristãos oram pela conversão de celebridades

Lady Gaga e Fergie deram demonstrações que se aproximaram de Deus

Ministérios cristãos oram pela conversão de celebridades

(Imagem: divulgação)

O recente anúncio de Lady Gaga sobre seus problemas de saúde foram manchetes no mundo todo. A cantora cancelou sua vinda ao Rock in Rio e adiou sua turnê europeia devido à questões que envolvem não só seu corpo, mas também a mente.

Em uma postagem recente nas redes sociais, ela afirmou: “Sempre fui sincera sobre minhas lutas com minha saúde física e mental. É difícil e complicado de explicar”. Dizendo precisar de uma pausa para se recuperar, divulgou a mensagem acompanhada de uma foto segurando um crucifixo.

 

 

 

 

Lady Gaga com crucifixo no Instagram.

Para os intercessores da Rede de Oração por Hollywood (HPN na sigla original) a imagem pode ser um sinal de que Gaga está se aproximando de Deus. De forma similar, o novo vídeo da cantora Fergie Dulhamel também mostraria que ela está abrindo sobre sua fé.

No vídeo completo de “A Little Work”, a narração diz que ela vinha tendo visões com demônios que falavam com ela, mas a cantora queria fugir dessas mensagens. Ao longo do vídeo ela encontra abrigo em uma igreja e sai de lá liberta.

Em certo trecho, Fergie afirma ter percebido que os seres humanos vivem em uma “batalha espiritual’, mas que o bem sempre vence.

As dificuldades de Fergie e Gaga são motivos de oração da HPN, pois seus membros se dedicam a orar por quem vive e trabalha na indústria do entretenimento. Sua fundadora, Karen Covell lembra que o mundo do entretenimento, simbolizado por Hollywood é “um lugar muito competitivo que muitas vezes cobra um alto preço dos artistas”.

Para ela, ser uma celebridade “é mais uma maldição do que uma benção”. Contudo, não desiste de orar para que Deus alcance os famosos e os use para dar testemunhos de seu amor.

Karen trabalhou muitos anos como produtora de TV, mas desde 2001 tem se dedicado ao ministério. Hoje, a HPN possui mais de 100 redes de oração afiliadas em 30 países que somam cerca de 20 mil “guerreiros de oração”. Eles constantemente intercedem por atores, produtores e outros que trabalham na indústria do entretenimento.

Covell semanalmente vai com sua equipe a estúdios de cinema e TV onde realiza cultos e ora com os interessados. Mas ela diz que a luta é grande e pede que os cristãos de todas as partes a se unam a ela nessa campanha.

“Escolha alguém famoso e ore por ele todos os dias. Ore para que os artistas possam experimentar o amor de Deus. Que eles possam ter esperança”, desafia a intercessora.

O objetivo da igreja, acredita, é anunciar a redenção do ser humano, não ficar criticando. Ela defende que, através da oração, “Deus pode encher o coração das pessoas que influenciam a mídia com mensagens de amor sacrificial, redenção e esperança”. 

 

 

 

 

*Gospel Prime

Comentários