Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 11 de dezembro de 2017 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Polícia

Homem morre no Pilar após trocar tiros com a polícia

Homem morre no Pilar após trocar tiros com a polícia

(Imagem: Ascom PMAL)

Um homem morreu na noite desta terça-feira (05), na Chã do Pilar, na cidade de mesmo nome, após trocar tiros com uma guarnição da Polícia Militar de Alagoas. A guarnição motorizada Bope IV, pertencente ao Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), também apreendeu uma arma de fogo.

Os militares participavam de uma Operação Integrada com a equipe do 23º Distrito Policial, quando avistaram Wilson dos Santos Correia, 30 anos, no Loteamento Cachoeira do Imburi, Mangabeiras, que ao perceber a presença da viatura, efetuou disparos de arma de fogo contra os policiais, que prontamente, revidaram a injusta agressão, vindo a atingir o acusado, que foi socorrido ao Hospital Geral do Estado, porém, não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.

Na ação, foi aprendido um revólver calibre 38, contendo seis munições, sendo duas munições deflagradas e quatro intactas. A arma foi encaminhada para a sede do 23º DP para que fossem tomadas as devidas providências. Wilson tinha um mandado de prisão a cumprir por Homicídio Qualificado.

Mais prisões

Já a equipe do BOPE COE, com os apoios do Serviço de Inteligência (P2) da própria unidade, do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e dos agentes do 23º DP, prendeu José Henrique dos Prazeres dos Santos, 19 anos, por estar com um mandado de prisão em aberto, também durante a tarde de ontem.

Os policiais estavam em patrulhamento na Chã do Pilar, quando se depararam com dois indivíduos, trafegando em uma bicicleta, apresentando atitude suspeita.

Na abordagem, o garupa pulou do veículo e fugiu pelas margens da Rodovia BR 316, enquanto que o outro sacou um revólver calibre 38, contendo duas munições pinadas e três intactas, e apontou para a guarnição.

Neste momento, os militares efetuaram um disparo de arma de fogo, que atingiu a perna esquerda do acusado, que foi posteriormente conduzido para o HGE, ficando interno para procedimento cirúrgico.

A arma de fogo foi encaminhada para o 23º DP, local em que foi constatado que José Henrique também possuía um mandado de prisão em aberto por Homicídio Qualificado.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria

Comentários