Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 19 de março de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Geral

Primeira cerveja brasileira à base de cacto é alagoana; conheça:

A Cacto Beer (Blond Ale) já é campeã de vendas entre os alagoanos

Primeira cerveja brasileira à base de cacto é alagoana; conheça:

(Imagem: Divulgação)

A primeira cerveja de cacto é genuinamente alagoana, mais precisamente, natural de Santana do Ipanema, cidade do Médio Sertão Alagoano. Tiago Barros, empresário santanense no ramo de restaurante e apaixonado por cervejas, percebeu o aumento na venda das artesanais e decidiu entrar nesse mercado não apenas como revendedor, mas como fabricante.

A decisão do empresário foi firmada em reunião realizada em 2017 com o chefe de cozinha Timóteo Domingos, especialista em gastronomia, conhecido nacionalmente por levar a culinária exótica do sertão nordestino aos diversos lugares do Brasil, além do mestre cervejeiro Raoni Matos, especialista na área de bebidas, responsável pela produção de algumas cervejas na cidade de Aracaju.

Fruto da reunião de mentes férteis, surgiu a Camonga Cervejas Criativas, sociedade composta por Tiago Barros e Raoni Matos, Mestre Cervejeiro com curso na Escola Superior de Cerveja e Malte (Blumenau-SC). Atualmente, a empresa dispõe de três rótulos principais: a Candinho (Black Ipa), campeã do Oktoberfest Sergipe de 2017; a Carcarapa (Apa); e a primeira cerveja de cacto do Brasil, a Cacto Beer (Blond Ale), a menina dos olhos da empresa, sendo a primeira criação e a campeã de vendas.

Durante os jogos da copa do mundo de 2018 que a Cacto Beer mostrou a que veio, o primeiro lote esgotou dentro de um período curto, surpreendendo os empresários que não haviam projetado uma aceitação tão rápida. Outro lote foi produzido para um evento especial, realizado no restaurante Oishi Sushi, a Oktoberfest Sertão, garantindo o sucesso e o record em vendas.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria 

Comentários