Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 18 de fevereiro de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Maceió

Cras Cidade Sorriso comemora nove anos de atuação na parte alta

Cras Cidade Sorriso comemora nove anos de atuação na parte alta

(Imagem: Ascom Semas)

Em fevereiro de 2010, o bairro Benedito Bentes recebia e inaugurava o primeiro Centro de Referência da Assistência Social (Cras) da região, o Cras Cidade Sorriso, equipamento que possibilita o acesso da população a serviços, benefícios e projetos com o objetivo fortalecer os vínculos familiares e comunitários.

Este ano, o Centro comemora nove anos de atendimento ao público e, segundo Mariele dos Santos, coordenadora do Cras, os avanços foram grandes e a presença de usuários no local cresce a cada dia. O trabalho realizado permite que as pessoas em situação de vulnerabilidade social sejam reconhecidas e se aproximem cada vez mais das políticas públicas.

“Nesses últimos nove anos pudemos notar claramente que a população da região foi reconhecida pelos órgãos púbicos como sujeitos de direito, ao passo em que puderam acessar serviços que antes não conseguiriam ou que demandariam um deslocamento maior. Nosso relacionamento com a comunidade é excelente e eles sentem na pele a importância do Cras,” disse Mariele.

Segundo a secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, os Cras têm a missão de trabalhar para garantir que as famílias sejam atendidas pela Política Nacional de Assistência Social (Pnas). “Todos os profissionais que fazem e que já passaram pelo Cras Cidade Sorriso estão de parabéns por esses nove anos de serviço prestado à população”, destacou a gestora.

Entre as atividades oferecidas no Cras Cidade Sorriso estão o desenvolvimento de diversas oficinas, salas de espera, rodas de conversa e palestras sobre a prevenção de situações de risco e de vulnerabilidade social.

“O principal serviço do Cras Cidade Sorriso é o de Proteção e atendimento integral à família (Paif), pois através dele direcionamos os atendimentos e acompanhamentos familiares com o objetivo de prevenir situações de risco e vulnerabilidade social, além de fortalecer os vínculos comunitários. Porém, todos os outros serviços são de suma importância para a população, como os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos(SCFV)  para idosos, adolescentes, mulheres e crianças”, disse.

A coordenadora também destacou a importância do serviço de Cadastro Único (CadÚnico), que possibilita que as pessoas tenham acesso à programas e benefícios sociais.“A procura pelo Cadastro Único(Cadúnico) também vem sendo grande, uma vez que as pessoas precisam do Número de Identificação Social(NIS) para matricular os filhos no município, para ter acesso a habitação, benefícios sociais e programas como Bolsa Família”, explicou Mariele.

Durantes os nove anos de atendimento ao público, o Cras Cidade Sorriso desenvolveu parcerias com diversas instituições e órgãos como a Casa de Cidadania, o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente Zumbi dos Palmares  (Cedeca), o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) Volante, os Conselhos Tutelares das Regiões Administrativas IX e X, e Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Ainda segundo Mariele, o Cras se consolidou como uma referência da Proteção Social Básica no Benedito Bentes. “Abrangemos seis territórios, com aproximadamente cinco mil famílias referenciadas e atendemos toda a população do Benedito Bentes e dos bairros circunvizinhos,” destacou.

O Cras funciona no Conjunto Residencial Cidade Sorriso I (Verdejantes II), no Benedito Bentes, e entre os conjuntos referenciados estão Moacir Andrade, Freitas Neto, Selma Bandeira e Jorge Quintela.

*Redação Alagoas Alerta com Ascom Semas

Comentários