Aguarde. Carregando informações.
Brasil

Covid-19: Anvisa autoriza inclusão de mais 5.000 voluntários para testes da vacina AstraZeneca

Covid-19: Anvisa autoriza inclusão de mais 5.000 voluntários para testes da vacina AstraZeneca

(Imagem: Fundo de Investimento Direto Russo/Divulgação/Reuters)

A agência reguladora de saúde do Brasil, Anvisa, autorizou na terça-feira a AstraZeneca PLC a testar sua vacina COVID-19 em mais 5.000 voluntários no país para testes clínicos de Fase III, disse a universidade de São Paulo que coordena o teste.

O aumento, além de 5.000 voluntários já recrutados e vacinados, ajudará a fornecer resultados mais sólidos sobre a segurança e eficácia da vacina, disse a Universidade Federal de São Paulo em nota.

Segundo o relatório, voluntários maiores de 18 anos estão sendo procurados nos estados do Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul, em extremos opostos do Brasil. A Anvisa renunciou ao limite de idade que era de 69 anos, para que os voluntários mais velhos possam ser vacinados.

 

A AstraZeneca, que está desenvolvendo a vacina com a Universidade de Oxford, interrompeu os testes globais temporariamente na semana passada após uma doença inexplicada em um participante na Grã-Bretanha.

A vacinação dos voluntários foi retomada nesta segunda-feira no Brasil, onde, até o momento, 4.600 pessoas receberam a primeira das duas doses em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, no Nordeste da Bahia, onde um hospital está realizando os testes.

O Brasil tem o terceiro pior surto de coronavírus do mundo, depois dos Estados Unidos e da Índia, e se tornou um campo de teste procurado para vacinas COVID-19 em desenvolvimento na Grã-Bretanha, China e Rússia.

Os ensaios clínicos de fase III da vacina russa Sputnik V contra COVID-19 serão realizados nos estados da Bahia e do Paraná, que tem planos de produzir a vacina para o Brasil e outros países da América Latina.

Os ensaios clínicos de fase III de uma vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac Biotech Ltd estão em andamento no estado de São Paulo, cujo governador disse na semana passada que ela pode estar disponível para os brasileiros já em dezembro.

Cerca de 9.000 voluntários brasileiros estão participando dos testes da vacina Sinovac, que estão sendo conduzidos pelo Instituto Butantan na cidade de São Paulo e em 11 outros locais, incluindo a capital Brasília.

*Redação Alagoas Alerta com Reuters