Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 15 de outubro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Concursos

IPHAN lança edital com 411 vagas e remuneração de até R$ 5 mil; confira

IPHAN lança edital com 411 vagas e remuneração de até R$ 5 mil; confira

(Imagem: Reprodução)

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), por meio do edital nº 1/2018, está realizando concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva de novos servidores. Sob a execução do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), o concurso oferece 411 postos de trabalho distribuídos entre os cargos de Analista I, Técnico I e Auxiliar Institucional.

Para os cargos de Analista I e Técnico I, além das oportunidades para profissionais de qualquer curso de graduação, há também chances específicas para quem possui formação nas áreas de Comunicação Social, Jornalismo, Relações Públicas, Engenharia Cartográfica, Geografia, Ciências Sociais, Antropologia, Arqueologia, Arquitetura e Urbanismo, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Biológicas, Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, Engenharia Agronômica, Engenharia Civil, História, Educação, Pedagogia, Licenciaturas e Geociências. Já para concorrer ao cargo de Técnico, basta ter curso de nível médio geral ou técnico específico, em áreas como: Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, Edificações, Agronomia ou Jardinagem. 


A remuneração inicial oferecida será de R$ 3.419,97 para Auxilares Institucionais e R$ 5.035,29 para Analistas e Técnicos I. Das vagas destinadas a cada cargo, 5% serão destinadas a candidatos com deficiência e 20% aos candidatos negros.

 

As vagas são destinadas aos estados da federação e ao Distrito Federal, e poderão ser distribuídas entre as sedes do IPHAN nas capitais das 26 unidades da Federação e no Distrito Federal ou nos Escritórios Técnicos existentes nas seguintes cidades: AL – Piranhas; BA – Cachoeira, Lençóis, Porto Seguro e Rio de Contas; CE – Icó e Sobral; GO – Goiás e Pirenópolis; MA – Alcântara; MG – Congonhas, Diamantina, Mariana, Ouro Preto, São João Del Rei, Serro e Tiradentes; MS – Corumbá; PB – Areia; PE – Fernando de Noronha, Igarassu e Olinda;PI – Parnaíba e São Raimundo Nonato; RJ – Paraty, Petrópolis, São Pedro D´Aldeia, Vassouras; RS – Antônio Prado, Jaguarão e São Miguel das Missões; SC – Laguna, Pomerode e São Francisco do Sul; SE – São Cristóvão; SP – Iguape; TO – Natividade.

Inscrição 

Será admitida a inscrição somente via internet, no site do Cebraspe, solicitada no período entre 10 horas do dia 18 de junho e 18 horas do dia 9 de julho de 2018 (horário oficial de Brasília). A taxa de inscrição é de R$ 84,00 (médio/técnico) e R$ 117,00 (superior).

Prova

A seleção para os cargos compreenderá as seguintes fases:

  • Provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;
  • Avaliação de títulos, de caráter classificatório, somente para os cargos de nível superior.

As provas objetivas e discursivas serão realizadas na data provável de 26 de agosto de 2018, em locais e horários a serem divulgados no site do Cebraspe. O edital de resultado final nas provas objetivas e de resultado provisório na prova discursiva será publicado na data provável de 17 de setembro de 2018.

O prazo de validade do concurso IPHAN esgotar-se-á após dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Atuação do IPHAN


O quadro técnico do IPHAN – distribuído entre a sede em Brasília, 27 superintendências estaduais, 37 escritórios técnicos, incluindo os Parques Históricos Nacionais e seis unidades especiais – é responsável por uma ampla gama de atribuições constitucionais e legais, como identificação, reconhecimento, salvaguarda e fiscalização do Patrimônio Cultural Nacional, proteção dos Sítios Arqueológicos e Reservas Técnicas, preservação de acervos documentais e bibliográficos, identificação da diversidade linguística, gestão do Patrimônio Genético, execução de projetos e obras de intervenção em bens e conjuntos tombados, gerenciamento dos programas PAC das Cidades Históricas e Agora é Avançar, aprovação, fiscalização e apuração de prestação de contas de Convênios e processos de Lei de Incentivo à Cultura, ações educativas, assistência técnica e monitoramento do Patrimônio Mundial, e definição da Política de Patrimônio Cultural no Brasil.

O IPHAN atualmente é responsável por fiscalizar um Patrimônio Material bastante extenso. Além disso, grande parte dos investimentos do país passa pelo IPHAN, responsável pelas análises referentes ao Licenciamento Ambiental, num trabalho articulado com a Casa Civil e com os Ministérios do Meio Ambiente, Planejamento, Minas e Energia, Transportes e Cidades. A maior parte dos empreendimentos avaliados são das áreas de Ferrovias, Mobilidade Urbana, Transmissão e Geração de energia, Rodovias, Saneamento, Petroquímica, Portos e Aeroportos.

Confira o edital acessando aqui

*Redação Alagoas Alerta com Concursos no Brasil 

Comentários