Aguarde. Carregando informações.
MENU

Domingo, 21 de abril de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Maceió

Defesa Civil aguarda repasse de recursos para auxílio-moradia

Defesa Civil aguarda repasse de recursos para auxílio-moradia

Ação preventiva da Defesa Civil nas áreas de risco de Maceió. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió (Imagem: Pei Fon/ Secom Maceió)

A Defesa Civil de Maceió segue com o cadastro de famílias no bairro Pinheiro para a inclusão na ajuda humanitária cedida pelo Governo Federal, que tem liberado o pagamento de auxílio-moradia aos que tiveram imóveis com danos em decorrência do surgimento de fissuras. Após o repasse dos recursos para as 80 primeiras famílias, realizado na semana passada, a Defesa Civil aguarda a liberação de dois novos lotes, que contemplam 240 proprietários cadastrados.

Titular da Defesa Civil de Maceió, Dinário Lemos explica que, ao todo, já foram encaminhados ao Governo Federal 320 cadastros, sendo 80 no primeiro lote – já liberado; 115 no segundo lote e 125 no terceiro lote – ambos ainda em análise pela União, totalizando 320. Os recursos do segundo e terceiro lote devem ser liberados a partir da próxima semana, conforme repasse à Prefeitura.

O gestor acrescenta que, conforme mapeamento, 526 imóveis devem ser evacuados. A estimativa anterior era de 493 evacuações, no entanto, após as chuvas da última semana, técnicos avaliaram a necessidade de retirar mais 33 imóveis que não constavam anteriormente na lista. Do total de imóveis mapeados, segundo reitera Dinário Lemos, 408 proprietários já tiveram seus cadastros realizados e, destes, 88 estão com pendência em relação à documentação, por isso ainda não foram encaminhados ao Governo Federal. As demais vistorias e cadastros devem ser realizadas nas próximas semanas.

“Conforme solicitamos, 80 famílias já tiveram acesso ao benefício e aguardamos para a próxima semana a liberação para mais 240 cadastrados. Seguimos com as vistorias diariamente e 408 já foram cadastrados, no entanto 88 deles ainda estão com documentações em falta e, assim que resolvidas as pendências, encaminharemos nova solicitação para a liberação do auxílio-moradia”, disse Dinário Lemos.

Segundo ressalta o gestor da Defesa Civil, o prefeito Rui Palmeira, em reuniões em Brasília e em Maceió, teve a garantia do Governo Federal para o empenho dos recursos previstos pela ajuda humanitária em relação ao auxílio-moradia. Dinário Lemos acrescenta que, caso necessário, serão realizadas novas solicitações de repasse financeiro.

Entre as evacuações, são 60 casas e 466 apartamentos entre os residenciais Jardim Acácia, Potengy, Divaldo Suruagy, Belo Horizonte, Espanha, Vida Bela, Lagoa Rocas, San Francisco, Marrakech e Edifício Adriano.

*Redação Alagoas Alerta com Ascom Defesa Civil

Comentários