Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 17 de setembro de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

OS TONTOS VOLTAM  ÁS RUAS

COLUNISTAS Adeilson Bezerra

É consultor jurídico com mestrado em direito público interno.

OS TONTOS VOLTAM ÁS RUAS

Depois de ser chamado de tontos pelo ex-juiz Sergio moro o Movimento Brasil Livre (MBL) convoca a população para defender o legado da operação lava jato e apostam em 'voz das ruas' para defender Moro

Os atos foram confirmados em 183 cidades segundo o Vem Pra Rua também estão na pauta dos protestos a defesa da reforma da Previdência e do pacote anticrime, de autoria de Moro, que está em discussão no congresso nacional.

Se considerarmos que no Brasil há 5.570 municípios  e teremos manifestação de apoio em somente cerca de 200 o movimento já nasce fracassado. Se levarmos em conta ainda que País tenha uma população de 202.768.562 habitantes iremos enxergar que os tontos são insignificantes, porém barulhentos.

Não há explicação racional para convocar movimento para defender um criminoso que cometeu diversos ilícitos processual. Como disse a procuradora Monique Chequer que “Moro viola sempre o sistema acusatório e é tolerado por seus resultados”

O Movimento Brasil Livre (MBL) e o Vem pra Rua são os dois principais grupos que elegeu o jovem  Kim "Kataguiri para deputado federal com o quarto maior número de votos de São Paulo, dois anos depois de protagonizar protestos contra Dilma Rousseff como um dos líderes do Movimento Brasil Livre”.

Ou seja, se elegeram defendendo Sergio Moro e agora com as revelações de site the intercept perderam a referência, pois o desmoronamento de Moro é irreversível. Os movimentos estão realmente tontos e a população em geral não deve entrar na onda de defender ações criminosas , pois com as revelações está sobejamente provado que moro foi parcial, partidário e a operação teve motivação política.

 

Comentários