Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 08 de dezembro de 2021

POLICIA FEDERAL ESPALHA BRASAS

COLUNISTAS Adeilson Bezerra

É consultor jurídico com mestrado em direito público interno.

POLICIA FEDERAL ESPALHA BRASAS

Desde a última  sexta feira acompanhamos  os desdobramento da operação carne fraca desencadeada pela policia federal, quando foi anunciado que  cerca de 30 empresas do setor, incluindo as gigantes JBS, dona da Friboi a da Seara, e a BRF, adulteravam a carne que vendiam nos mercados interno e externo.O setor é um dos principais da economia brasileira, sendo responsável por US$ 12 bilhões em exportações por ano.

A PF analisou produtos de uma só uma empresa em dois anos de investigação  e  nem todas as 32 empresas são suspeitas de vender carne imprópria para o consumo.

A PF já é acostumada a destruir reputações de pessoas físicas com  "simples indiciamentos" e depois cada um que se vire para não ser condenado. Ocorre que agora o “simples indiciamento” pode representar o banimento do País na exportação de carnes e seus derivados. A forma com que a Polícia Federal divulgou as apurações  me pareceu fantasiosa demonstrando no mínimo falta de conhecimento sobre as regras que regem o mercado.

O efeito poderá ser devastador para a economia brasileira. A Coreia do Sul e União Europeia decidiram  nesta segunda-feira (20) suspender a importação de carne de todas as empresas brasileiras investigadas  na operação Carne Fraca.

O estrago já foi feito com o indiciamento generalizado  e toda a carne brasileira ficou sob suspeita.Deveria a PF ter isolado ao máximo o objeto da investigação e não" espalhar brasas". Esta trapalhada da PF  vai custar caro a toda nação. Os concorrentes do Brasil no mercado internacional agradecem a PF brasileira por este gol contra a nação.