Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 19 de março de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

B3 reduziu a taxa de custódia cobrada do investidor do Tesouro Direto

COLUNISTAS Edmundo Almeida

B3 reduziu a taxa de custódia cobrada do investidor do Tesouro Direto

B3 reduziu a taxa de custódia cobrada do investidor do Tesouro Direto

(Imagem: Divulgação)

O ano de 2019 começou com uma boa notícia para o investidor do Tesouro Direto, pois desde 01/01/2019 a taxa de custódia cobrada pela B3 foi reduzida de 0,30% a.a para 0,25% sobre o montante investido.

Segundo informações do próprio site do Tesouro Direto essa redução representará uma economia somada de aproximadamente R$ 26 milhões por ano para os mais de 750 mil investidores do programa, posto que a taxa incide sobre o montante total investido, que atualmente está em cerca de R$ 53,2 bilhões.

Entendemos que a redução no custo desta aplicação é mais um estímulo para que o investidor participe desse programa, que além de ser um investimento muito seguro está se tornando cada vez mais barato. Recentemente vimos várias corretoras zerar a sua taxa de custódia, que é uma outra taxa que também pode ser cobrada de quem investe no Tesouro Direto.

As corretoras estão zerando sua taxa de custódia. Agora a B3 reduz a taxa. A onda de redução de custos para o investidor veio para ficar.

Feliz 2019!

Comentários