Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sexta-Feira, 19 de janeiro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

COLUNISTAS Língua Ferina

E a propaganda da Prefeitura de Maceió voltou. Mais cinematográfica, impossível!

E a propaganda da Prefeitura de Maceió voltou. Mais cinematográfica, impossível!

Rui Palmeira (Imagem: Arquivo)

Quem adivinhar qual cidade é aquela da propaganda cara e em horário nobre que está passando, inclusive, no intervalo do Jornal Nacional, ganha um doce.

Uma população sorridente, feliz, cantando uma música muito bem feita que fala da nova Maceió. Qual é essa Maceió Nova?

Mostrar imagens dos prédios históricos, dos jangadeiros navegando e do azul piscina de nossas praias como se fossem obras da Prefeitura, retrata o que todos já sabem: não tem nada de importante nem de novo para mostrar.

Aí, a fórmula é a mesma de sempre, principalmente nos anos de eleição. Até parecida com as utilizadas pelo ditador norte-coreano, Kim Jong-Un, que exibe um país próspero, com fartura de comida e de progresso, quando na verdade é um país falido e triste, com uma população sofrida e desamparada.

Maceió tem sim obras, mas são ou estão sendo realizadas pelo Governo de Alagoas ou Pelo Governo Federal. São novas vias, novos hospitais e até novos viadutos. Mais nada é fruto da Prefeitura de Maceió, que, reconheçamos, começou a fazer recapeamento e tapa-buraco.

Mas, é preciso mostrar como estão os estoques de remédios nos Postos de Saúde e o atendimento dos dentistas e dos médicos, também. É preciso mostrar como estão as obras do “De frente pra Lagoa”, da Eco Via Norte, que ligará o Tabuleiro às praias, e das mais de 600 ruas que seriam pavimentadas a partir de janeiro do ano passado. Isso mesmo, do ano passado.

É preciso mostrar quanto está sendo investido na Educação. Quantas escolas de tempo integral a Prefeitura abriu nesses 5 anos de um mesmo prefeito.

Enfim, é preciso mostrar não a Nova Maceió, imaginária, cinematográfica. É preciso mostrar a Maceió dos maceioenses, a Maceió de verdade.

*Língua Ferina

Comentários