Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 15 de outubro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

COLUNISTAS Língua Ferina

Por que Rui Palmeira perde para Renan Filho em Maceió?

Reeleito em 2016, no segundo turno, depois de uma campanha repleta de promessas, Rui Palmeira vê em seus aliados o desejo de que ele seja candidato ao Governo de Alagoas.

Só que Rui tem que observar todos os cenários, já que para ser candidato este ano, ele terá que renunciar ao mandato de prefeito em abril, mesmo ainda tendo mais 2 anos e 8 meses pela frente garantidos.

Biu de Lira e Arthur Lira são os mais interessados na eventual candidatura de Rui, já que o sucessor é filho da esposa do senador, portanto, seu enteado-filho. Com a renúncia do prefeito, a prefeitura passaria imediatamente para as mãos dos De Lira.

O outro lado da moeda que precisa ser avaliado, e muito bem avaliado, é o fato de Rui Palmeira perder em Maceió para Renan Filho, segundo a última pesquisa do instituto TDL, registrada no TRE. O governador teria hoje quase duas vezes e meia mais votos do que Rui, na capital.

E por que Rui perde de Renan Filho em Maceió?

As respostas estão nas ruas. A população anda revoltada com o que chama de indústria das multas, e não vê nenhuma obra significativa realizada na gestão de Palmeira.

Além disso, a Maceió do marketing eleitoral, apresentada no guia de sua campanha, ainda está muito longe de se tornar real.

Somado a tudo isso, vem o fato de Renan Filho ser o responsável por grandes obras e investimentos na cidade. É o programa ”Vida Nova nas Grotas”, que está fazendo uma verdadeira revolução na periferia; os eixos viários do Quartel e do Cepa; o Viaduto da Polícia Federal (em parceria com o Governo Federal); a duplicação da AL 101 norte, que já está com o viaduto de Jacarecica praticamente pronto; os hospitais da Mulher e Metropolitano que estão com as obras bem avançadas e os investimentos que tem feito na Segurança, inclusive com o programa “Ronda no Bairro”, que tem diminuído acentuadamente o número de delitos nas comunidades.

Pelo visto Rui já sabe o que quer e os que gostam dele também: continuar prefeito e trabalhar para entregar a Maceió que ele tanto prometeu, se consolidando, assim, como um grande gestor.

Aí, quem sabe, em 2022 o cavalo esteja selado e seja mais manso!

*Língua Ferina

 

 

Comentários