Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 17 de janeiro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Livro Conhecendo a Deus já alcançou milhares de pessoas

COLUNISTAS Rodolfo Barros

Livro Conhecendo a Deus já alcançou milhares de pessoas

Livro Conhecendo a Deus já alcançou milhares de pessoas

(Imagem: Pollyanna Karla)

Confira a entrevista com o autor Samuel Azevedo que comemora mil cópias vendidas em pouco mais de 3 meses.

Como surgiu a ideia de lançar um livro e ter como título "Conhecendo a Deus"?

Samuel Azevedo: No início de 2017 quando pedi demissão do emprego sob o direcionamento de Deus, comecei a pensar em alguma forma de como iria me manter financeiramente. Certo dia imaginei: "Já sei! Vou escrever um livro, logo, me manterei financeiramente". Eu sentava para escrever, orava a Deus pedindo inspiração ao Espírito Santo e não vinha nada. Até que o Espírito Santo começou a falar comigo: "CORRIJA SUAS MOTIVAÇÕES!". 
A intenção inicial era "ganhar dinheiro" e Deus não tinha interesse nisso. Finalmente entendi: "precisava corrigir minhas motivações!". Passei a orar a Deus pedindo para que o Espírito Santo me ajudasse nesse processo de realinhamento, então agora requeri a Ele um livro a fim de que pessoas fossem alcançadas pelo Espírito Santo e suas vidas mudadas através dessa ferramenta de evangelismo. 
Quando o Espírito Santo me ajudou a corrigir a motivação, sentei no birô do meu quarto e em 6 dias Deus me deu um livro de cerca de 20.000 palavras. Oramos continuamente para que Ele toque os corações que tiverem contato com o livro.
Certa vez ouvi o Pastor Ed René Kivitz falar: "Deus não abençoa projetos, Deus abençoa intenções", de fato, as vezes até temos bons projetos, bem organizados, muito bem elaborados, mas nossas motivações estão erradas. Arquitetamos planos perfeitos, porém com as motivações inaceitáveis. Imagina só, escrever um livro é algo ruim? Não, é bom, levar informação as pessoas, incentivo a leitura, porém a intenção estava desajustada. 
Corrigir as motivações é fundamental para avançar no Reino. Tudo que formos realizar seja algo simples ou mais complexo, devemos analisar bem nossa motivação, se perguntar antes: "Porque farei isso? Para que farei? Qual a razão? Qual motivo?". Isso nos ajudará a refletir melhor sobre as intenções das nossas ações. 
Alguém pode perguntar: "Então você não pensa mais no ganho financeiro?". Mais que no ganho financeiro, pensamos nas vidas que serão tocadas pelo Espírito Santo, e para sustentar essa intenção e nossas motivações não desviarem do foco, iremos destinar parte da renda para Missões no sertão do Brasil. 
Assim surgiu o livro CONHECENDO A DEUS.

Já são mais de 1000 cópias vendidas em pouco mais de 3 meses de lançado. Você imaginava alcançar tantas pessoas por meio do livro "Conhecendo a Deus"?

Samuel Azevedo: Deus tem nos surpreendido com a influência que esse livro tem reverberado sobre nossa geração. 
Quando anunciei a minha igreja que iria lançar um livro e falei quantos cópias havia solicitado as pessoas falavam: “Esse menino tá ficando maluco”, “Pra onde vai tanto livro?”, realmente humanamente tinham razão, porque o Brasileiro, em sua maioria, não tem cultura de leitura, quando vamos para região nordeste o índice já cai um pouco, chegando em Alagoas a coisa afunila mais ainda, e na Laje (São José da Laje - minha cidade) pronto, a coisa estreita mesmo (rsrs). 
Mas entendi nessa circunstância algo interessante, quando entendemos que não somos represas, somos canal, Deus faz fluir a bênção d’Ele sobre nossa vida para chegar a outras pessoas.
Inicialmente eu pedi um livro para adquirir recursos financeiros e pagar minhas contas, porém, posteriormente, minha oração foi pedindo um livro a Deus para abençoar outras vidas, ou seja, não queria algo simplesmente para mim, porém para abençoar outras pessoas, quando entendemos isso, nossa vida espiritual dar um “UP”. 
Em pouco mais de 3 meses do lançamento, são mais de 1.000 exemplares distribuídos em mais de 15 estados da nossa nação.

Qual a principal mensagem do livro? A quem você o destinou?

Samuel Azevedo: A mensagem do livro fala a respeito da história de dois “Samuéis”, Samuel filho de Ana e Elcana, e Samuel (eu) filho de Ronilda e Ercílio. 
A ideia surgiu quando estava lendo a bíblia no livro de 1 Samuel 3.1a onde diz: “O jovem Samuel, servia ao Senhor perante Eli”, porém quando chego no verso 8 desse capítulo, o texto nos fala o seguinte: “Porém Samuel, ainda não conhecia ao Senhor”. Ou seja, um jovem que servia a Deus, mas não conhecia a Deus, quando me deparei com esse contexto o Espírito Santo falou ao meu coração: “Samuel essa é sua história”. Eu passei 18 anos na casa de Deus sem conhecer o Deus da casa, estava envolvido nas atividades, servindo a Deus, mas, não o conhecia. E o espírito Santo continuou falando: “Essa a realidade de muita gente dentro da igreja”. Os templos estão cheios de pessoas, porém pessoas, vazias de Deus. Mais do que servir, nós precisamos conhecê-Lo verdadeiramente.

Aqueles que acompanham suas redes sociais observam que você compartilha diversas experiências de seguidores que leram seu livro e viveram momentos especiais. Pode nos contar uma dessas experiências?

Samuel Azevedo: Temos recebido várias experiências de pessoas que tem sido tocada por Deus através desse livro que Ele nos deu, entendemos que é Ele mesmo quem realiza aquilo que Ele deseja, somos apenas o canal. E toda semana chegam mensagens das pessoas que tem adquirindo o livro falando o quanto Deus tem ministrado sobre suas vidas.
Porém tem um testemunho que me marcou muito, que foi de uma jovem que estava com início de depressão e esse livro chegou às suas mãos, ela então iniciou a leitura do livro e Deus a despertou dessa circunstância, Deus a livrou da depressão.

Se tivesse que definir você, o Samuel Azevedo, longe dos palcos e dos holofotes, quem é o autor do livro "Conhecendo a Deus"?

Samuel Azevedo: Confesso ter um pouco de dificuldades de falar sobre mim (rsrs). Mas, apesar de hoje compreender com mais nitidez o propósito de Deus para minha vida e desejar a cada dia viver intensamente aquilo que Deus nos trouxe a esse mundo para realizar, me considero alguém normal, alguém que ama estar com a família, um jovem que gosta de estar em comunhão com os amigos dando risadas, alguém que vai ao cinema, à praia (apenas para tirar foto e fazer inveja aos outros, rsrs), alguém que torce pelo melhor time do Brasil (Flamengo). Um jovem que VIVE A VIDA literalmente, alguém que ama comer e dormir (às vezes mais do que o necessário, rsrs), um jovem que joga bola com os amigos (quando possível). Alguém que foi atraído pelo Espírito Santo a amar Deus sobre todas as coisas e relacionar-se com Ele constantemente.

Quais são os seus planos futuros?

Samuel Azevedo: Temos sonhado com vários projetos futuros, temos buscado ouvir aquilo que Deus deseja para nossa vida e desejamos viver tudo aquilo que Ele tem projetado, tem uma frase no livro que digo o seguinte: “A voz de Deus aponta para o caminho que devemos percorrer”. Acreditamos que Ele tem nos orientado a realizar algumas coisas. Aproveitando o ensejo gostaria de adiantar para os leitores desse blog alguns projetos, um dos projetos futuros é a ativação de um Canal no YouTube, é uma plataforma que tem tomado conta das esferas midiáticas e observamos um vasto campo evangelístico, outra projeto que também já estamos encaminhando é o segundo livro, mais na frente daremos detalhes sobre o tema que iremos tratar.

Comentários