Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 14 de outubro de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Novas rachaduras: JHC vai criar Comissão Federal para acompanhar afundamentos em Bairros de Maceió

COLUNISTAS Blog do Tinho

Novas rachaduras: JHC vai criar Comissão Federal para acompanhar afundamentos em Bairros de Maceió

Novas rachaduras: JHC vai criar Comissão Federal para acompanhar afundamentos em Bairros de Maceió

(Imagem: Reprodução)

O Deputado Federal JHC(PSB/AL), que tem mantido diálogo frequente com os moradores dos bairros Pinheiro, Bebedouro e Mutange, acabou de protocolar na Câmara Federal um pedido de Criação de uma Comissão Externa para acompanhar e fiscalizar o afundamento e às rachaduras nos Bairros citados, e, que agora, também começam a aparecer no Bairro do Bom Parto, onde JHC esteve pessoalmente.


“Criarei Uma Comissão Externa para acompanhar o afundamento dos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e, agora, Bom Parto, onde estive pessoalmente”, disse o deputado.

De acordo com o parlamentar, a preocupação e o pedido de criação da Comissão Externa se dão devido à falta ações concretas, respostas e soluções quanto a situação dos moradores dos bairros afetados.


“Sinto uma ausência muito grande da Prefeitura e do Estado na vida dessas pessoas e, do outro lado, um conforto muito grande da Braskem com certeza da impunidade por ter uma boa estrutura jurídica e de comunicação”, afirmou JHC.


O deputado, que dentro das prerrogativas do mandato, tem colaborado em diversas ações e está em contato direto com os moradores dos Bairros afetados, inclusive por meio do movimento SOS Pinheiro, que tem sido incansável na luta pelos direitos dos residentes, afirmou que os moradores precisam de soluções, que está a disposição e que o tema não pode cair no esquecimento dos órgãos públicos que deveriam tomar providências efetivas.


“O tema não pode ser esquecido, espero poder contribuir da melhor maneira possível. Faremos um trabalho sério e incansável para apontar soluções e cobrar de quem é devido, criando um canal de diálogo e ação entre Prefeitura, Estado e a Bancada em Brasília”, concluiu JHC

Comentários