Aguarde. Carregando informações.
MENU

Domingo, 16 de junho de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Alagoas

Governador anuncia 2,5 mil vagas para área da saúde

O Hospital Geral do Estado (HGE) não consegue mais aguentar a demanda da população, segundo Renan Filho

Governador anuncia 2,5 mil vagas para área da saúde

(Imagem: Marco Antônio)

Em entrevista à TV Gazeta, o governador Renan Filho comemorou a aguardada assinatura do Hospital Metropolitano ao explicar, em balanço, alguns pontos prioritários na gestão. Nesta segunda-feira (27), o chefe do Poder Executivo criticou a burocracia para desenvolver projetos emergenciais aos cidadãos e, além disso, prometeu a abertura de mais concursos e leitos para área médica com o fim das construções dos dois hospitais. Renan anunciou 500 empregos diretos para construção e 2,5 mil vagas no concurso para área da saúde.

“A burocracia impede, ás vezes, de darmos celeridade a algumas questões. Vou pessoalmente me empenhar para arrumar uma solução para epilepsia. No ano passado, tivemos dificuldade para tratar outras doenças, mas, estamos trabalhando duro para criar uma solução eficaz”, disse Renan ao relativizar as dificuldades na distribuição de medicamentos.

O governador de Alagoas ressaltou empenho e apoio do Governo Federal na construção do Hospital Metropolitano que, segundo comentários, começa a ser construído nesta segunda-feira com planejamento acelerado. “Tivemos um trabalho duro durante esses dois anos. Onde apresentamos o projeto e viabilizamos investimentos”

Segundo Renan Filho, o Hospital Geral do Estado (HGE) não consegue mais aguentar a demanda da população e, por isso, o Hospital Metropolitano disponibilizará mais leitos para cirurgia, para a UTI adulta e infantil para ampliar serviços da saúde para população com mais equipamentos. Além disso, o governador explicou que a construção abrirá vagas de emprego imediatas e concursos para área médica.

“Vamos fazer mais concursos, e já contratamos para saúde neste ano. A construção vai gerar 500 empregos diretos na obra, e mais de 2,5 mil empregos especializados em saúde. Alagoas começa a dar passos para uma rede de saúde mais robusta ao construir dois hospitais”, disse Renan ao apresentar a situação do Hospital da Mulher.

Especializado em maternidade, o Hospital da mulher disponibilizará mil empregos na saúde, e dará atenção as gestantes em situação normal para, segundo Renan, “atender a mulher com mais dignidade”, disse.

“O Hospital da Mulher encerrará as obras até junho de 2018. Entregaremos o equipamento 100% pronto, e está dentro do cronograma”, explicou. Sobre a construção do Metropolitano, o governo planejou outro modelo de construção para acelerar as obras. Nisso, o Hospital será construído pela manhã, tarde e noite para “demonstrar ao cidadão que estamos com pressa”. A obra tem duração de 18 meses.

Perguntado sobre o HGE, que atende 600 pessoas por dia, Renan Filho criticou os governos anteriores que construíam leitos sem infraestrutura para esconder a situação da saúde precária em Alagoas. “O que víamos em Maceió era a construção de puxadinhos. Era o improviso que imperava. Estamos acabando com a era do improviso, virando a página, e vamos construir novos equipamentos dentro das necessidades”, finalizou.

*Bruno Presado/Redação Alagoas Alerta

Comentários