Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 19 de agosto de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Brasil

Governo Bolsonaro planeja pacote de obras na Amazônia, saiba mais

Governo Bolsonaro planeja pacote de obras na Amazônia, saiba mais

(Imagem: Jefferson Rudy/MMA)

governo de Jair Bolsonaro prepara um pacote de obras para a região amazônica, que inclui uma ponte sobre o Rio Amazonas, uma hidrelétrica e a extensão da BR-163 até o Suriname.   

A informação foi publicada nesta terça-feira (12) e revela que três ministros serão enviados ao oeste do Pará para avaliar investimentos de infraestrutura e definir grandes obras na área.   

A medida faz parte de uma das promessas de campanha do presidente de reforçar a presença na Amazônia, no chamado Triplo A - área que se estende dos Andes ao Atlântico - como forma de evitar pressões internacionais por organismos que supostamente querem criar uma região independente para preservação ambiental.   

Os três ministros, Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência), Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), desembarcam em Tiriós, na próxima quarta-feira (13). Segundo a publicação, o objetivo da viagem é que os ministros se reúnam com líderes locais para debater a construção de uma ponte sobre o Rio Amazonas na cidade de Óbidos, uma hidrelétrica em Oriximiná e a extensão da BR-163 até a fronteira do Suriname.   

De acordo com a avaliação do governo, a ideia é de que a hidrelétrica possa abastecer a zona Franca de Manaus e região, na tentativa de reduzir apagões. Já a ampliação da BR-163 seria uma forma de integrar a região Norte. Por fim, a ponte ligaria as duas margens do Amazonas por via terrestre. Inicialmente, o projeto servirá como um caminho para o escoamento da produção de grãos do Centro-Oeste. Ainda segundo informações, o plano de desenvolvimento coincide com uma ação do governo que visa combater a influência do "clero progressista" da Igreja Católica na região e tem o Sínodo sobre a Amazônia, que ocorrerá no Vaticano em outubro, como pano de fundo.

*Redação Alagoas Alerta com Notícias ao Minuto

Comentários