Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sexta-Feira, 19 de janeiro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Cotidiano

Como beijar de língua: 6 dicas para surpreender

Como beijar de língua: 6 dicas para surpreender

(Imagem: Reprodução)

Você já beijou de língua? O que te impede de experimentar? Quero aqui apresentar algumas dicas e ideias para você aprender mais sobre esta arte.

Se existe uma prática escancaradamente erotizada e que requer treino e prática, esta é o beijo de língua.

Beijar antes de tudo é uma forma de imprimir sua identidade, deixar sua marca e contagiar sua parceira ou seu parceiro.

Que tal surpreender então na hora do beijo com essa variável lingual?

O beijo de língua além de revelar a paixão dos casais, é uma declaração do tesão sentido em qualquer relação.

Por estas razões, o primeiro beijo de língua pode aumentar muito as expectativas entre duas pessoas. Concentre então toda a sua atenção e libido nas linhas a seguir.

Entendendo mais sobre o assunto

Dicas para beijar de língua

Tenha em mente que beijar de língua requer antes de qualquer coisa um cuidado e atenção especial com esta zona erógena tão cobiçada que é a boca.

Um bom beijo de língua é uma amostra da intimidade e das expectativas que começam a crescer entre as pessoas (incluindo expectativas sexuais).

Importa então entregar-se para esta experiência unindo a explosão de sensações (fortes emoções) à segurança sentida (saber o que está fazendo).

Curiosidade

O beijo de língua não começa pela boca, mas sim pelos olhos (como você vê e é visto pelo outro).

Quando você encara os olhos ou a boca da pessoa estimada, se aproxima e inicia os primeiros contatos físicos (toque nas mãos, caricias nos braços), a linguagem corporal fala mais alto e determina o momento certo de beijar.

Nesta hora um sorriso de leve pode ser um convite para cair de boca.

Surpreenda ao beijar de língua: 6 dicas

Muita calma nessa hora.

Para sintonizar uma mesma frequência não tenha pressa, afinal, as pessoas beijam de formas diferentes.

O aprendizado vai além da união dos lábios, pois envolve um encontro dos corpos e intenções.

Vão aqui algumas dicas então para você surpreender sua parceria na hora de beijar com língua.

Surpreenda ao beijar

1) Tempere e saboreie

Parece óbvio, mas ninguém gosta de beijar uma “boca de lobo”.

O mau hálito ou gostos estranhos podem acabar com qualquer experiência bucal.

Usar dropes e chiclete de menta não é o suficiente para disfarçar uma boca pouco saudável ou mascarar aqueles alimentos que potencialmente deixam um bafão.

Capriche então na escovação dos seus dentes, língua e no gargarejo com um flúor de sua preferência.

2) Olhos fechados, coração aberto

Ao aproximarem os lábios, antes de se tocarem, feche os olhos.

Beijar de olhos abertos é desonesto e revela falta de motivação e interesse no beijar. Além disso, ao fechar os olhos você consegue curtir mais as sensações nos lábios e na boca.

Deixe que a imaginação flua, o tato predomine e o coração acelere. Esqueça do tempo e deixe que as sensações conduzam o ritmo.

Curiosidade

Você sabia que os beijos de língua dos casais apaixonados duram em média 3 minutos?

Existem competições mundiais de beijar onde a técnica e afinidade dos casais garante prêmios e títulos.

Com o tempo de 58 horas, 35 minutos e 58 segundos um casal tailandês bateu o recorde mundial de beijo mais longo em 2013.

Não se impressione nem se preocupe, pois o tempo do beijo é determinado por quem beija e por quem é beijado. Curta o momento!

3) Consciência leve, cabeça suave

Aproxime as cabeças a poucos centímetros uma da outra, aumentando a tensão do beijo.

Segurar na nuca da parceria nesta hora revela autoconfiança.

Reveze inclinando a cabeça para um dos lados, encontrando a melhor posição possível. Com isso, os narizes não tocam um no outro e o movimento da língua fica mais fácil.

Ao notar que a outra pessoa está inclinando a cabeça para um lado acompanhe movimentando a sua para o outro.

4) Beije com paixão, use a língua com moderação

Não deixe a boca completamente aberta e parada.

Mostre interesse.

Mova os lábios superiores suavemente, o suficiente para pressionar os músculos da face.

Em vez de partir para o ataque com a boca escancarada, deixe os lábios separados apenas o suficiente para que a língua possa passar entre eles.

Passe seus lábios de leve pelos lábios da outra pessoa.

Aumente a expectativa do beijo usando a língua aos poucos, no início a ponta por entre os lábios, buscando em seguida os dentes e encontrando a língua dela(e).

Beije de corpo e alma

5) Beije de corpo e alma

Puxe para perto e pressione um corpo contra o outro, mantenha a pressão somente se sentir essa abertura.

Use as mãos.

Tocar o corpo da pessoa com as mãos (de forma cuidadosa) pode incrementar o aprendizado do beijo, além de fazer com que vocês se sintam mais ligados um ao outro.

Uma vez realizado este contato, procure mover suas mãos pelo corpo da pessoa, acariciando pescoço, ombros, costas e quadris.

Curiosidade

Segundo o pai da psicanálise, Freud explica que nossos sentimentos amorosos carregam a intenção de abocanhar-comer-engolir o objeto de nosso afeto.

O beijo é manifestação mais explícita possível desse desejo e daí surge os ditados populares como “sofrer, prazer e morrer pela boca”.

6) Surpreendam para surpreender-se

A confiança ao beijar de língua revela a maturidade do(a) beijoqueiro(a).

Permitir-se pequenas ações durante este tipo de beijo é uma aventura que qualquer um pode experimentar.

Invista nas técnicas, mas também se entregue ao momento.

Experimente no fim de cada beijo sugar os lábios inferiores da pessoa afastando o corpo por inteiro. As idas e vindas das bocas e corpos aumentam o prazer de beijar e ser beijado.

 

*Avisos

Prepare seus lábios

Mulheres usem batons, homens podem usar um protetor labial. Em último caso é só passar a língua nos lábios e apertar um contra o outro.

Beijos são trocas de fluídos e ares

Para que o beijo não se afogue em saliva, mantenha a respiração pelas narinas e nos intervalos engula para não babar encima da pessoa.

Após ler tudo isso você pode se questionar:

E quando o beijo não funciona ou não satisfaz? O que fazer? Relacionamento sem beijo funciona?

Uma das provas de que uma pessoa ainda possui dificuldade ou inexperiência afetiva é a dificuldade de se entregar para o beijo.

Essa entrega diz respeito ao bem-estar e segurança que o contato direto com a outra pessoa transmite.

Entenda que o beijo é o começo de muitos relacionamentos e a garantia de manutenção da afetividade e sexualidade.

Todas as pessoas gostam de beijar e serem beijadas.

Os primeiros beijos, mesmo quando apaixonados, não precisam ser os melhores. Se fossem os melhores acabariam com os beijos e relações seguintes.

Aprenda com suas(seus) parcerias(os), desenvolva suas técnicas e estratégias, faça o que for preciso, mas nunca pare de beijar.

Surpreenda sempre neste gesto e fique na memória da pessoa desejada.

*Sexo Sem Dúvida

Comentários