Aguarde. Carregando informações.
Economia

Presidente da Febraban diz que queda dos juros tem sido repassada ao tomador de crédito

Murilo Portugal também pontuou que é preciso enfrentar os motivos que elevam o custo do crédito no país, como a taxa de inadimplência e a elevada carga tributária.

Presidente da Febraban diz que queda dos juros tem sido repassada ao tomador de crédito

(Imagem: Reprodução )

O presidente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Murilo Portugal, afirmou nesta segunda-feira (2) que a sucessiva queda da taxa básica de juros (Selic) tem sido repassada para os tomadores de crédito.

Com a Selic em 5% ao ano, os juros estão no patamar mais baixo desde 1999, quando começou o regime de metas para a inflação. A expectativa é que a Selic recue ainda mais e encerre o ano em 4,5%.

Segundo o presidente da entidade, de outubro de 2016 a outubro deste ano, a taxa de juros média para a pessoa física recuou 24,6 pontos percentuais.

"A queda na taxa básica de juros tem sido repassada pelos bancos", afirmou Portugal.

Na semana passada, o Banco Central limitou os juros do cheque especial a 8% ao mês. Foi a primeira vez que o BC impôs uma taxa máxima a uma linha de crédito com recursos livres, isto é, que não tem um direcionamento estipulado por lei (como ocorre com o crédito imobiliário ou o microcrédito).

Portugal também pontou que, para os juros recuarem mais, o país tem de enfrentar os motivos que elevam o custo do crédito no país, como a taxa de inadimplência e a elevada carga tributária.