Aguarde. Carregando informações.
Economia

Produtores de cachaça e usinas de etanol doam álcool 70% após autorização da Anvisa

Produtores de cachaça e usinas de etanol doam álcool 70% após autorização da Anvisa

(Imagem: Arquivo Sebrae)

Após autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), usinas de etanol e produtores de cachaça no Brasil estão produzindo álcool 70% para doar para a rede pública de saúde. O produto é um dos mais indicados para evitar a proliferação do novo coronavírus.

O Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac), anunciou que vai doar 70 mil litros de álcool. O volume será destinado para o Sistema único de Saúde (SUS) para o atendimento do público.

Os serviços do SUS que receberão as doações serão, inicialmente, de cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Alagoas e Rio Grande do Sul. O produto deverá ser entregue “nos próximos dias”, segundo o Ibrac.

No dia 17 de março, a cervejaria Ambev já havia anunciado a produção 500 mil unidades de álcool em gel para serem doados a hospitais públicos dos municípios de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Cada hospital receberá 5.000 unidades do produto e a própria empresa será responsável pela entrega.

Usinas

A Tereos, uma das gigantes do setor da cana-de-açúcar, anunciou que vai doar 2 mil litros de álcool líquido 70% para hospitais e postos de atendimento do SUS dos municípios de Assis, Ibirarema e Palmital, onde está localizada a unidade industrial de produção de amidos e adoçantes do grupo.

O produto será distribuído à Santa Casa de Assis, Santa Casa de Cândido Mota, Santa Casa de Ibirarema, Santa Casa de Palmital e Hospital Regional de Assis.

A Atvos, que opera usinas de etanol em 5 estados brasileiros, cederá gratuitamente 160 mil litros de álcool 70% para instituições de São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

O produto será destinado a Secretarias Estaduais de Saúde, Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde, associações de classe, sindicatos ou organizações não governamentais.

Cada estado receberá 40 mil litros de álcool 70% produzido pelas oito unidades agroindustriais da empresa especificamente para esta finalidade. Caberá ao órgão público se o transforma em gel ou mantém líquido.

As doações foram combinadas pela associação que representa as usinas no país (Unica) com o governo federal. Isso só foi possível após a liberação da Anvisa.

Indicado para a limpeza de ambientes

O álcool 70% em estado líquido é recomendado para higienização e limpeza de ambientes de hospitais e de unidades de saúde.

Diferentemente do álcool em gel, a substância em estado líquido não é recomendada para uso individual, já que, por não conter emolientes, pode ressecar e irritar a pele.

*Redação Alagoas Alerta com G1