Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 14 de outubro de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Entretenimento

'Paguei a música, comprei a exclusividade dela’ diz Naiara Azevedo sobre acusação de plágio

'Paguei a música, comprei a exclusividade dela’ diz Naiara Azevedo sobre acusação de plágio

(Imagem: Reprodução)

Mais uma polêmica no mundo da música! Depois de Anitta e Ludmilla se desentenderem por autoria do feat "Onda Diferente", Naiara Azevedo foi surpreendida com a acusação de plágio de sua nova música: "Manda Áudio". Parceria com Dilsinho, a canção começou a repercutir e o grupo brasiliense "Di Propósito", que gravou originalmente o hit, criticou a postura da sertaneja. "Não tínhamos noção de onde nosso som tá chegando e que está agradando tanto as pessoas. Inclusive, regravando com o mesmo arranjo, né? Teria mais a ver se tivesse nos convidado, né, Naiara?. Dizem que os artistas que estão 'lá em cima' não estendem a mão para os que estão vindo de baixo, e dizem isso por situações assim", reclamou o perfil oficial da banda.

'Eu não roubei a música de ninguém', garante cantora

Mediante as inúmeras críticas, Naiara Azevedo se pronunciou publicamente nas redes sociais para dar fim aos burburinhos. "A música não é de composição do grupo de pagode. Tem outros compositores. Eu não roubei a música de ninguém. Paguei a música, comprei a exclusividade dela, todos os direitos dela e fui para o estúdio gravar com o playback que recebi dos compositores. Eu só havia ouvido a versão dos compositores. Recebi uma guia, um playback, com a música dos compositores. Gostei da música e decidi que ia gravar. Não copiei arranjo, até porque não toco instrumento nenhum", explicou. A artista, que chegou a eliminar 100 kg, ressaltou também que a canção não foi lançada, nem está terminada: "Nem a voz que eu gravei na música é a que vai para a mixagem".

Naiara continuou afirmando que jamais faria algo para passar por cima ou atrapalhar o trabalho de outra pessoa. A cantora, após rumor de separação no casamento, concluiu dizendo que tem uma carreira regular. "É o que eu amo fazer e faço com muito respeito a mim, pelas pessoas que trabalham comigo e pelos meus fãs", disse, lamentando o posicionamento do grupo de pagode Di Propósito: "Não os conhecia, mas acabei, por causa dessa polêmica, me inteirando sobre o trabalho deles. É um grupo maravilhoso. Tem músicas lindas, cantam demais, mas sinto muito por eles terem se antecipado e se posicionado da forma que se posicionaram a respeito dessa música. Eles foram um pouco afoitos, eles sabem que não existe nada de errado, de irregular", concluiu. Intérprete de "50 Reais" aproveitou o espaço para pedir que seus seguidores passassem a seguir a banda e deixou as portas abertas para eles em seus shows.

*Redação Alagoas Alerta com purepeople

Banner PMM Educação

Comentários