Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sábado, 24 de agosto de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Esportes

Argel Fucks analisa goleada sofrida pelo CSA e afirma: 'Não contávamos com essas falhas'

Técnico diz conhecer bem a Série A e avisa que não resolve os problemas em 15 dias

Argel Fucks analisa goleada sofrida pelo CSA e afirma: 'Não contávamos com essas falhas'

(Imagem: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

O técnico Argel Fucks não poupou críticas ao time após a goleada sofrida pelo CSA para o Athletico, neste sábado. Durante a coletiva, ele reconheceu que a derrota por 4 a 0 para os paranaenses foi causada por erros graves da sua própria equipe.

Nós erramos demais. Se você observar, os quatro gols que tomamos foram falhas nossas. Não é mérito do adversário. O primeiro gol é falha nossa. Nós não contávamos com os erros, com as falhas individuais e coletivas. O segundo gol também é uma falha nossa. É uma falta que não foi marcada, uma jogada de linha de fundo, o centroavante sozinho para cabecear. Alguém tem que estar marcando esse centroavante.

Nós não contávamos com essas falhas.

Fucks explicou onde viu que o seu time estava perdendo a partida e justificou a substituição de Alecsandro pelo argentino Jonatan Gómez ainda no primeiro tempo.

- O Athletico joga da mesma forma: 4-2-3-1. Há dois anos, o Tiago [Nunes, técnico do Athletico] joga nessa formação. E eles vieram com o Bruno Nazário centralizado, do lado esquerdo, o Vitinho, no direito, o Romero... Na frente, o Thonny Anderson e os dois volantes: o Rosseto e o Wellington. Eles tinham três no meio e nós tínhamos dois. Agora claro que o Ricardo Bueno deveria ocupar esse espaço, o Alecsandro também. Não conseguiram ocupar. Aí, por isso, que fizemos a opção de colocar o Jonatan Gómez para equilibrar o meio-campo para ficar três contra três.

Argel ressaltou o trabalho feito pelo técnico Marcelo Cabo e justificou o baixo rendimento apresentado pela equipe sob o seu comando.

- A culpa era do Marcelo Cabo, que deixou um legado muito bom. Agora, a partir desse momento, a culpa já é nossa. A responsabilidade sempre tem que ser dividida. Quando ganha, ganha todo mundo. Quando perde, perde todo mundo. Eu estou há 15 dias aqui, conhecemos a competição, sabemos a dificuldade que é, temos jogadores chegando, precisamos melhorar a nossa qualidade. Sabemos que vamos lutar contra o rebaixamento até a última rodada e, quando chegar lá na 37ª, 38ª rodada, teremos que estar fora da zona de rebaixamento. Agora, o quanto antes, precisamos buscar uma solução. E isso não é do dia para a noite, não é em 15 dias que você resolve todos os problemas.

O CSA vai receber o Grêmio no dia 29 de julho (uma segunda-feira), às 20h, no Rei Pelé, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

*Globo Esporte

Comentários