Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sábado, 20 de outubro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Esportes

ASA tenta quitar dívidas e ainda não tem projeto para apresentar a Luxemburgo

Vice de marketing, Sérgio Lúcio disse que não houve conversa com o treinador

ASA tenta quitar dívidas e ainda não tem projeto para apresentar a Luxemburgo

(Imagem: Genival Silva/Ascom Arapiraca)

O técnico Vanderley Luxemburgo falou no último sábado, em entrevista ao GloboEsporte.com, que está disposto a colaborar com ASA. Poderia ser até uma consultoria, abrir portas, sem vínculo profissional. O treinador está investindo em Arapiraca e poderia também olhar para o clube

Nesta quarta, o GE foi saber do ASA se há um projeto para Luxa. Vice de marketing, Sérgio Lúcio disse que gostou do interesse, mas destacou que a prioridade da atual gestão é acertar as contas do clube.

- Primeiro, nós queremos resolver algumas situações e, depois, permanecendo ou não, vamos conversar sobre isso. Ele (Vanderlei Luxemburgo) é um investidor da cidade de Arapiraca e todo aquele que vem investir em Arapiraca, como os empresários, nós aceitamos com bons olhos. Pelas declarações dele, nós vimos coisas interessantes.

Sérgio explicou por que ninguém do ASA conversou com o treinador.

- Nenhum membro da diretoria procurou ele, até porque nós precisamos definir algumas situações: pagarmos as pendências que nós temos, depois partir para as eleições do clube e, depois, tratamos do assunto (essa direção ou outra). O que precisamos é que todos se juntem em prol do ASA, porque a situação é muito complicada... Mas as declarações do Luxemburgo e a maneira que como vem conduzindo as entrevistas e falando do ASA, nós vimos com bons olhos. Depois das eleições, os membros da diretoria podem até procurá-lo ou até mesmo alguém que se prontifique a assumir o ASA numa próxima gestão já venha a ter uma conversa amistosa com o próprio Luxemburgo.

Sérgio Lúcio contou que o clube também passará por eleições para escolha da nova diretoria. A ideia é não deixar pendências para a futura gestão.

- Nós estamos trabalhando para resolver os problemas da atual gestão. Foi feito um acordo com os jogadores para pagamento da folha de maio: 50% em junho e 50% em julho mais as rescisões. Mas temos somente o apoio da prefeitura, que é o órgão que nós temos um convênio, que foi firmado no mês de janeiro, no valor de R$ 800 mil, e começou a ser pago no mês de março, em oito parcelas.

O vice de marketing deu mais detalhes sobre os pagamentos aos jogadores.

- Hoje nós estamos solicitando esse repasses. Já foram feitos quatro repasses. Estamos esperando o repasse do mês de julho para poder liquidar com os atletas. Existe um pensamento da diretoria de solicitar ao Conselho Deliberativo a antecipação da eleição, mas isso será mediante a regularização dessa situação. Não vamos deixar situações geradas na nossa administração para que outra direção venha para resolver. A ideia é resolver todas as pendência para a partir daí convocar a eleição.

Luxa e o ASA

Luxemburgo se lembrou dos jogos de 2002 entre ASA e Palmeiras, até brincou, e disse depois estar disposto a ajudar o Alvinegro, mas sem vinculo profissional.

- Eu conheci o prefeito, ele me fez um convite para ir na prefeitura e, quando cheguei lá, já estava uma recepção. Daí ele me fez uma demonstração das obras que pretendia fazer no estádio e me perguntou se eu, com o meu conhecimento no futebol, poderia ajudar na qualidade do estádio para torná-lo com uma pressão positiva, com o calor humano. Eu dei algumas sugestões pra ele e falei que estou à disposição para ajudar a crescer o ASA. Quem estiver dirigindo o ASA, faça um projeto de futebol com início, meio e fim, planejando o ponto de partida e onde estará a tantos anos. Eu não quero executar, eles que executem. Não tem nenhuma ligação profissional, é tudo voluntário, como um cara para ajudar, sem vínculo e sem remuneração.

Na atual temporada, o ASA disputou três competições: o Alagoano, a Copa do Brasil e a Série D do Brasileiro. No estadual, o Alvinegro ficou em terceiro lugar. Na Quarta Divisão do futebol nacional, não passou da fase de grupos (lanterna da chave A7, com quatro pontos). Já na Copa do Brasil, foi eliminado pelo Corumbaense-MS (1 a 0) ainda na primeira fase.

*Globo Esporte

Comentários