Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 26 de outubro de 2021

Esportes

Atlético-MG vai ajuizar ação de execução contra Fred na próxima semana

Atlético-MG vai ajuizar ação de execução contra Fred na próxima semana

(Imagem: Lucas Merçon / Fluminense FC)

Na próxima semana, o Atlético-MG vai ajuizar, na Justiça do Rio de Janeiro, ação de execução contra o atacante Fred, hoje no Fluminense. O clube tem decisão favorável na Câmara Nacional de Resoluções de Disputas (CNRD) para receber a multa, estipulada em contrato em R$ 10 milhões, pela transferência do atacante do Galo para o Cruzeiro, no fim de 2017.

Hoje, segundo o vice-presidente do Atlético, José Murilo Procópio, a multa está calculada em R$ 18 milhões. As informações foram divulgadas pelo dirigente alvinegro em entrevista à Rádio 98FM.

- Nós estaremos ajuizando oficialmente a ação e a execução contra o Fred na próxima semana, no Rio de Janeiro - disse.

A ação de execução não significa que o Atlético vai receber a quantia rapidamente, ressaltou José Murilo Procópio.

- Demora, porque agora que vamos iniciar a execução, agora que chegamos ao valor líquido e certo, e passamos por todas aquelas instâncias administrativas, como foi na CNRD, ações da Justiça do Trabalho, aquilo tudo já está superado. Agora é uma mera execução porque temos o valor líquido e certo para ser cobrado.

Relembre o caso

Ao acertar a rescisão do contrato com Fred, no dia 22 de dezembro de 2017, o Atlético impôs uma condição: se o jogador fosse para o Cruzeiro, deveria pagar uma multa de R$ 10 milhões. Atleta e representantes aceitaram o acordo.

Quando assinou com o Cruzeiro, no dia seguinte, o atacante notificou o clube celeste sobre a existência da multa, por meio de um documento, e deixou claro que só aceitaria assinar contrato caso a Raposa assumisse a dívida. Ciente da situação, a diretoria cruzeirense contratou Fred e se responsabilizou pelo pagamento do valor.

A multa deveria ter sido paga no dia subsequente à publicação do contrato do jogador com o Cruzeiro no BID, da CBF, o que ocorreu no dia 16 de janeiro. Porém, não houve o depósito em 17 de janeiro. A diretoria cruzeirense decidiu levar a avaliação da multa para o departamento jurídico.

O Atlético ingressou com uma ação na Câmara Nacional de Resolução de Disputas, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), cobrando de Fred o pagamento da multa de R$ 10 milhões, hoje, segundo o clube, calculada em R$ 18 milhões.

Clique aqui e aposte no seu time do coração betgol777.online.

*GE