Aguarde. Carregando informações.
Esportes

Chicão diz estar aliviado com arquivamento de denúncia do MP/PB: 'Problema foi a demora'

Chicão diz estar aliviado com arquivamento de denúncia do MP/PB: 'Problema foi a demora'

(Imagem: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

O árbitro alagoano Francisco Carlos do Nascimento, o Chicão, teve denúncia arquivada pelo Ministério Público da Paraíba (MP/PB) e já pode voltar a trabalhar no futebol. Antes mesmo do arquivamento, o juiz tinha conseguido uma liminar na Justiça comum, em janeiro, que o colocava de volta ao quadro de arbitragem da CBF e da Federação Alagoana de Futebol. Sábado, ele apitou a partida entre Coruripe e ASA.

- Foi um ano e pouco nessa luta. Eu sabia que a decisão seria essa, mas o problema foi a demora para se resolver. Nesse tempo, eu fiz prova teórica, me preparei... tudo. Só não apitava.

Chicão foi acusado, em 2018, de manipulação de resultados no Campeonato Paraibano, na chamada Operação Cartola. Desde então, estava sem apitar. O árbitro, que já esteve no quadro da FIFA e apitou jogos da Libertadores, se mostrou aliviado com a resolução.

- Agora é aguardar as escalas. Já apitei no sábado, pelo Alagoano, fiz Coruripe e ASA. Estou apto na CBF e aqui. Vida que segue. Foi uma lição tanto para o pessoal quanto para o profissional. Que eu possa representar bem Alagoas, como sempre fiz, em competições organizadas pela CBF. Desde 2008 eu faço jogos da Série A e B do Brasileirão. Espero retomar isso.

Francisco Carlos do Nascimento, árbitro — Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

Francisco Carlos do Nascimento, árbitro — Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

A Operação Cartola investigou mais de 80 pessoas, segundo a Polícia Civil, e teve como objetivo apurar crimes cometidos, relacionados à manipulação de resultados, por uma organização supostamente composta por membros da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Comissão Estadual de Arbitragem da Paraíba (CEAF), Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD/PB) e dirigentes de clubes de futebol profissional da Paraíba e árbitros.

Governo coronavírus

Chicão diz que merece reconhecimento, mas também aprendeu lições. Agora, ele mesmo fala que viverá um novo momento.

- Fiz jogos até fora do país, quando fiz parte do quadro da FIFA até 2015. Jogos de Libertadores, na Europa, Sul-Americana... Em relação à arbitragem, eu me sinto realizado. É uma nova fase, um novo Chicão, bem mais experiente.

*GE