Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 28 de fevereiro de 2024

Esportes

Chiefs vencem 49ers na prorrogação e são bicampeões do Super Bowl 2024

Chiefs vencem 49ers na prorrogação e são bicampeões do Super Bowl 2024

(Imagem: Harry How/Getty Images)

Vencer um Super Bowl é especial, mas vencer dois em seguida te coloca num grupo seleto. Neste domingo, Patrick Mahomes e o Kansas City Chiefs entraram nesta categoria ao bater o San Francisco 49ers por 25 a 22, na prorrogação, no Super Bowl LVIII, no Allegiant Stadium de Las Vegas. Campeões também em 2022-23, os Chiefs se juntam a apenas seis franquias que conseguiram vencer a grande decisão da NFL consecutivamente, algo que não era feito desde 2003-04 e 2004-05, pelo New England Patriots. É o terceiro título de Kansas City nos últimos cinco anos e o quarto Super Bowl na história do clube.

Do outro lado, estava um time que representava uma das grandes dinastias da história da NFL, o San Francisco 49ers, quatro vezes campeão na década de 1980. E os Niners venderam caro a derrota: chegaram a 1min53s do final com a vantagem por 19 a 16. Mas os Chiefs empataram com um field goal nos segundos finais e forçaram a segunda prorrogação da história do Super Bowl. No tempo extra, novamente San Francisco ficou à frente por 22 a 19, mas Kansas City virou o placar mais uma vez, graças a uma campanha maestral de Patrick Mahomes.

O grande nome da NFL na atualidade teve trabalho contra uma das melhores defesas da liga. Patrick Mahomes esteve sob muita pressão, sendo sacado três vezes e interceptado uma vez. Mas o quarterback especialista em viradas mais uma vez trouxe seu time de volta de uma desvantagem de 10 pontos em um Super Bowl, como fez contra o próprio San Francisco em 2020 e contra o Philadelphia Eagles em 2023. Ele terminou com 333 jardas aéreas, 66 jardas terrestres e dois passes para touchdown, e foi eleito o Jogador Mais Valioso (MVP) da partida. Ele se igualou a Joe Montana, ídolo dos Niners, com três títulos e três MVPs de Super Bowl.

Patrick Mahomes comemora a vitória do Kansas City Chiefs no Super Bowl LVIII — Foto: Jamie Squire/Getty Images

Patrick Mahomes comemora a vitória do Kansas City Chiefs no Super Bowl LVIII — Foto: Jamie Squire/Getty Images

Outro centro das atenções no jogo era o tight end Travis Kelce. Principal arma de Mahomes, o camisa 87 estava sob os holofotes não só por seu alto nível, mas também por seu relacionamento com a superestrela pop Taylor Swift, que estava presente ao estádio. Após um primeiro tempo apagado, em que inclusive deu bronca no treinador Andy Reid, Kelce apareceu no segundo tempo e foi parte importante da vitória, com nove recepções para 93 jardas.

Para os Niners, sobra a dor de mais uma derrota num Super Bowl que tinha nas mãos. A defesa conteve Mahomes por boa parte do jogo, mas a lesão de Dre Greenlaw e chamadas ruins do cordenador defensivo Steve Wilkes abriram espaço para os Chiefs se manterem no jogo. Do outro lado, Christian McCaffrey somou 160 jardas totais entre recepções e corridas e o wide receiver Jauan Jennings teve um passe e uma recepção para touchdowns, apenas o segundo jogador da história a fazê-lo num Super Bowl. O quarterback Brock Purdy teve boa atuação, mas viu Deebo Samuel e George Kittle bem marcados e não completou alguns passes decisivos. E apesar de ter acertado três field goals, o kicker Jake Moody errou um chute de ponto extra que poderia ter feito a diferença no tempo normal.

Niners dominam primeiro tempo

As defesas deram as cartas no primeiro quarto, que terminou sem pontos marcados. Os Niners até começaram bem, ganhando muitas jardas com Christian McCaffrey em seguidas jogadas. Mas os Chiefs forçaram um fumble do running back e recuperaram a bola. A defesa de San Francisco, por sua vez, não cedeu espaços para o ataque de Kansas City e forçou rápidos punts consecutivos.

Com o jogo corrido funcionando e a linha ofensiva bem, Brock Purdy começou a soltar o braço. Ele completou três passes numa campanha de 46 jardas que terminou no segundo quarto com um field goal - o mais longo da história do Super Bowl até ali, 55 jardas, convertido pelo kicker novato Jake Moody para abrir o placar.

Jake Moody (4), do San Francisco 49ers, acerta chute de 55 jardas no Super Bowl LVIII — Foto: Tim Nwachukwu/Getty Images

Jake Moody (4), do San Francisco 49ers, acerta chute de 55 jardas no Super Bowl LVIII — Foto: Tim Nwachukwu/Getty Images

Os Chiefs tentaram responder rápido. Patrick Mahomes acertou um passe de 53 jardas para Mecole Hardman que deixou a equipe a nove jardas da endzone. Mas na jogada seguinte, Deommodoire Lenoir causou um fumble de Isiah Pacheco, e Javon Hargrave recuperou para os Niners. Substituído para a jogada da corrida, Travis Kelce confrontou o treinador Andy Reid e berrou para que ele o mantivesse no jogo.

Curiosamente, o linebacker Dre Greenlaw, um dos líderes da defesa de San Francisco, se lesionou ao pisar errado para entrar no campo. Ele foi forçado a deixar o jogo com uma lesão na parte inferior da perna esquerda. Os Niners, contudo, seguiram com tudo, forçando os Chiefs a andarem para trás e chutarem mais um punt.

E no ataque, o técnico Kyle Shanahan abriu a caixinha de ferramentas para surpreender os Chiefs. Uma campanha de oito jogadas e 67 jardas terminou numa jogada arriscada: um passe de Purdy para trás, para o wide receiver Jauan Jennings, que fez um passe para o outro lado, onde estava Christian McCaffrey. A bola não saiu perfeita, mas o running back pegou e, com ajuda de bloqueios, correu 21 jardas para marcar o primeiro touchdown do jogo e abrir 10 a 0 para os 49ers.

Christian McCaffrey, do San Francisco 49ers, marca o primeiro touchdown do Super Bowl LVIII — Foto: Ezra Shaw/Getty Images

Christian McCaffrey, do San Francisco 49ers, marca o primeiro touchdown do Super Bowl LVIII — Foto: Ezra Shaw/Getty Images

Os Chiefs precisavam reagir e avançaram 65 jardas, mas pararam a 10 da endzone. Harrison Butker converteu um chute de 28 jardas para colocar Kansas City no marcador e reduzir a diferença a sete pontos.

Kelce e defesa dos Chiefs renascem no segundo tempo

O terceiro quarto começou mal para os Chiefs. Logo na primeira jogada, Mahomes passou para trás e Pacheco deixou a bola escapar. Ele a recuperou, mas acabou perdendo 12 jardas. Duas jogadas depois, Mahomes acabou interceptado por Ji'Ayir Brown, que deu a posse de bola para os Niners já no campo de ataque.

A defesa de Kansas City, porém, voltou melhor. A unidade não cedeu primeiras descidas em três campanhas seguidas no terceiro período e forçou três punts rápidos. Isso permitiu ao ataque dos Chiefs mais oportunidades para se encontrar.

Sumido no primeiro tempo, Travis Kelce reapareceu no terceiro quarto, explorando o confronto com Oren Burks, substituto de Greenlaw. E com seus recebedores bem marcados, Mahomes correu duas vezes para colocar seu time no campo de ataque. A defesa dos Niners segurou os Chiefs na linha de 34 jardas, e Butker acertou um chute de 57 jardas, superando o recorde batido por Moody no segundo período.

Harrison Butker (7) acerta chute de 57 jardas para o Kansas City Chiefs no Super Bowl LVIII — Foto: REUTERS/Mike Blake

Harrison Butker (7) acerta chute de 57 jardas para o Kansas City Chiefs no Super Bowl LVIII — Foto: REUTERS/Mike Blake

Na posse seguinte, os Chiefs foram forçados a chutar um punt, mas a bola bateu no pé de Darrell Lutter Jr, dos Niners, e foi recuperada por Jaylen Watson a 16 jardas da endzone adversária. Mahomes aproveitou e acertou um passe para touchdown de Marquez Valdes-Scanttling, virando o placar para13 a 10.

Marquez Valdes-Scanttling, do Kansas City Chiefs, recebe o passe para touchdown no Super Bowl LVIII — Foto: Tim Nwachukwu/Getty Images

Marquez Valdes-Scanttling, do Kansas City Chiefs, recebe o passe para touchdown no Super Bowl LVIII — Foto: Tim Nwachukwu/Getty Images

San Francisco se reencontrou ofensivamente na reta final do terceiro período, correndo bem com a bola. A campanha entrou no último quarto e teve conversões de terceira e quarta descidas, antes de chegar ao touchdown em passe de Brock Purdy para Jauan Jennings, que se tornou o segundo jogador na história a marcar touchdowns com um passe e uma recepção no Super Bowl. Contudo, o chute de ponto extra de Jake Moody foi bloqueado, e a vantagem dos 49ers ficou em apenas três pontos com 11min22s por jogar.

Jauan Jennings (15) marca touchdown para o San Francisco 49ers no Super Bowl LVIII — Foto: REUTERS/Brian Snyder

Jauan Jennings (15) marca touchdown para o San Francisco 49ers no Super Bowl LVIII — Foto: REUTERS/Brian Snyder

Os Chiefs retomaram de onde pararam. Mahomes comandou uma campanha de 69 jardas em 12 jogadas, mas os Niners impediram o touchdown e Kansas City se contentou com um field goal de 24 jardas convertido por Butker para empatar a partida em 16 pontos com 5min46s restando.

A bola estava nas mãos dos 49ers para vencer o jogo. E Purdy iniciou a campanha com um passe pelo meio para Jauan Jennings. San Francisco chegou ao campo do adversário com corridas seguidas de Deebo Samuel e McCaffrey, mas parou na linha de 30 jardas. Jake Moody teve de acertar outro chute longo, de 53 jardas... e desta vez converteu, para botar os Niners à frente por 19 a 16 com 1min53s por jogar.

Era tempo mais que suficiente para Mahomes e os Chiefs buscarem mais uma virada, ou pelo menos um empate. O quarterback começou com um passe rápido para Kelce. Mais cinco jogadas e Kansas City estava dentro da distância de chute de Butker. Mais um passe para Kelce colocou os Chiefs a 11 jardas da endzone com dez segundos restando. Após um passe bem defendido pelos Niners, Butker entrou e acertou o field goal de 29 jardas. Tudo empatado em 19 pontos, segunda prorrogação da história do Super Bowl à vista.

Prorrogação

Desta vez, os Niners começaram com a bola, mas quase a entregaram logo na primeira jogada: um passe de Purdy bateu nas mãos de Samuel e quase sobrou para Nick Bolton, dos Chiefs. Uma penalidade contra Trent McDuffie manteve a campanha dos Niners viva. A partir daí, Purdy misturou corridas com McCaffrey com passes para Aiyuk, o próprio McCaffrey e Juszczyk para levar os Niners a nove jardas da endzone. Jake Moody acertou o chute de 27 jardas para botar San Francisco à frente mais uma vez, 22 a 19.

Jake Moody (4) acerta field goal para o San Francisco 49ers na prorrogação do Super Bowl LVIII — Foto: REUTERS/Mike Blake

Jake Moody (4) acerta field goal para o San Francisco 49ers na prorrogação do Super Bowl LVIII — Foto: REUTERS/Mike Blake

Os Chiefs tinham mais 7min22s para tentar a virada. Os 49ers permitiram uma corrida de três jardas de Isiah Pacheco e um passe de seis jardas para Rashee Rice, mas forçaram uma quarta descida para uma jarda. Mahomes, porém, chamou uma corrida para si mesmo e conquistou a primeira descida. Ele acertou mais um passe para Rice que levou Kansas City ao campo de ataque e outro para Pacheco que colocava o time novamente na distância do chute de Butker.

Numa terceira para uma jarda, o quarterback novamente correu pelo meio e colocou o time a 13 jardas do touchdown da vitória. Duas jogadas depois, Mahomes acertou o passe para Mecole Hardman no canto direito da endzone, garantindo o título para os Chiefs.

*GE