Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sábado, 15 de dezembro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Esportes

Didira mais recuado, Neto Berola... Cabo monta o time do CSA para enfrentar a Ponte Preta

Treinador ainda não revelou a formação, mas deve manter a base

Didira mais recuado, Neto Berola... Cabo monta o time do CSA para enfrentar a Ponte Preta

(Imagem: Denison Roma/GloboEsporte)

O técnico Marcelo Cabo ainda tem dois dias para pensar, mas não deve fugir da formação que venceu o Paysandu. Hugo Cabral foi bem, fez o gol da vitória do CSA, mas a tendência é que fique no banco contra a Ponte Preta.

Neto Berola teve mais tempo para treinar e deve seguir entre os titulares, ao lado de Rubens.

No meio-campo, Cabo deve manter Yuri, Didira, Juan e Daniel Costa. Didira não gosta muito de jogar como segundo volante, mas o técnico aprovou o desempenho dele na posição. Juan rende melhor um pouco mais avançado, à esquerda.

O maior desafio do treinador na reta final da Série B é dar mais força ao ataque. O setor ainda não se acertou desde a saída de Michel e Niltinho. Precisa de repetição, entrosamento e de aperfeiçoar as finalizações. Rubens, por exemplo, marcou apenas um gol no Brasileiro. Tem sete jogos. Seu reserva imediato, Alemão, ainda não balançou a rede. E já são 11 partidas pelo CSA.

Setor defensivo

A defesa não muda. Sem problemas no setor, Cabo vai manter Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha. No gol, Lucas Frigeri é o titular.

- Marcelo passa muita confiança para todo mundo, procura tabalhar todo mundo da mesma maneira. Trata todo tudo igual. Procuramos retribuir tudo isso dentro de campo, dando o melhor, para que as coisas aconteçam e, graças a Deus, vêm acontecendo - comentou Rafinha.

Com 50 pontos, o Azulão é o terceiro colocado da Série B. Luta pelo acesso. O jogo contra a Ponte Preta está marcado para sexta, às 21h30, no Rei Pelé.

*Globo Esporte

Comentários