Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 13 de novembro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Farol Gospel

‘Bruxaria cristã’: movimento crescente tenta seduzir cristãos a praticarem magia

‘Bruxaria cristã’: movimento crescente tenta seduzir cristãos a praticarem magia

(Imagem: Reprodução/Internet )

De tempos em tempos, o cristianismo vê surgir movimentos oriundos do sincretismo religioso que alegam ser uma releitura das Escrituras que goza de maior inspiração do que toda a história do movimento iniciado pela Igreja Primitiva. A nova moda agora é a bruxaria cristã.

Apesar das advertências bíblicas contra a prática da feitiçaria, Valerie Love, uma líder religiosa que se descreve como uma bruxa cristã praticante e ministra ordenada de consciência espiritual, insiste que não há nada errado com cristãos sendo bruxos e recentemente lançou uma escola para ensinar cristãos a praticarem magia.

“Pare de pensar que você pode dizer às pessoas como adorar. Pare de pensar que você pode dizer às pessoas como se conectar com o divino. Eu poderia lhe dizer quantas pessoas me disseram: ‘Você não pode ser uma bruxa cristã’, mas aqui estou. Veja, você não pode me dizer como adorar. Você não pode me dizer como se conectar com o divino. Isso é entre mim e Deus. Você não pode me dizer como orar”, declarou Valerie recentemente no Facebook .

Na publicação, ela explicou que “nasceu uma bruxa”, mas foi forçada a sufocar sua identidade como Testemunha de Jeová dos 4 aos 30 anos, quando finalmente deixou a “seita”: “Eu nasci uma bruxa e eu amo isso. Estou muito agradecida. As pessoas têm medo da palavra [bruxa] por causa do medo e da ignorância e eu estou aqui como ministra do Deus vivo para dissipar o medo e a ignorância”, acrescentou.

Em seu site Christian Witches (“bruxas cristãs”, em inglês), Valerie Love também compartilha sua história e oferece uma série de recursos para ajudar as bruxas cristãs, incluindo sua recém-criada Covenant of Christian Witches Mystery School, que recentemente foi inaugurada em Salem, Massachusetts.

A escola, segundo descrição no site, foi pensada para “inspirar, ensinar, compartilhar sabedoria e apoiar os seres mágicos em possuir e abraçar a magia, praticando magia e utilizando a magia como um caminho para a auto-realização”.

“Meu trabalho como ministra do Deus vivo, como ministro ordenada da consciência espiritual é a liberdade, é nos libertar… As pessoas estão em cativeiro religioso porque a religião lhe disse o que pensar, o que fazer. Eu não etsou aqui para lhe dizer o que pensar. Estou aqui para apoiá-lo em como pensar”, afirmou Valerie, num discurso que se assemelha bastante à venda de serviços.

De acordo com informações do portal The Christian Post, Valerie aponta em seu site pessoal que se concentra na “iluminação” dos interessados, que podem investir entre US$ 5 mil a US$ 50 mil nos treinamentos de “bruxaria cristã”.

Jennifer LeClaire, fundadora da Jennifer LeClaire Ministries e diretora da Casa de Oração do Despertar na Flórida, que acompanha o movimento da bruxaria cristão há vários anos, advertiu que a mistura de bruxaria e cristianismo é “perigosa” e disse que o movimento está crescendo nos Estados Unidos: “Nesta temporada, eu vi uma ascensão de cristãos praticando feitiçaria. Ou talvez eles não sejam cristãos de forma alguma. Eu não vou julgar a salvação de alguém, mas quando as pessoas na igreja liberam maldições, oram contra você, e conduzem jejuns profanos para destruí-lo, o fruto do Espírito está claramente ausente”, escreveu ela.

“Gálatas 6 lista tanto o fruto do Espírito quanto as obras da carne. A bruxaria está entre eles. Mas há um nível mais elevado de feitiçaria que alguns chamados cristãos estão usando e é perigoso”, acrescentou LeClaire.

Especialistas cristãos também alertaram que “Deus leva a bruxaria muito a sério”: “A pena para a prática de bruxaria sob a Lei mosaica era a morte (Êxodo 22:18; Levítico 20:27). I Crônicas 10:13 nos diz que ‘Saul morreu porque ele foi infiel ao Senhor; ele não guardou a Palavra de o Senhor e até consultou um médium para orientação”, observou o ministério GotQuestions.

“No centro da bruxaria está o desejo de conhecer o futuro e controlar os acontecimentos que não são de nossa responsabilidade. Essas habilidades pertencem somente ao Senhor. Este desejo tem suas raízes na primeira tentação de satanás a Eva: ‘Você pode ser como Deus’ (Gênesis 3:5)”, explicou o ministério.

“Desde o Jardim do Éden, o maior foco de satanás tem sido desviar os corações humanos da adoração do verdadeiro Deus (Gênesis 3:1). Ele atrai os humanos com as sugestões de poder, autorrealização e iluminação espiritual à parte da submissão à bruxaria, que é meramente outro ramo dessa sedução. Envolver-se em bruxaria de qualquer maneira é entrar no reino de satanás”, acrescentaram os especialistas do ministério.

*Golpel Mais 

Comentários