Aguarde. Carregando informações.
MENU

Domingo, 16 de dezembro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Farol Gospel

Daciolo avisa que os “portais de Satanás” serão destruídos no Brasil

Daciolo avisa que os “portais de Satanás” serão destruídos no Brasil

(Imagem: Divulgação)

O candidato a presidente pelo Patriota, Cabo Daciolo, continua em jejum e oração em monte na periferia do Rio de Janeiro. Em transmissão feita ao vivo na tarde desta terça-feira (25), ele voltou a falar com eleitores, numa mensagem que mesclava questões eleitorais e religiosas.

Empunhando uma Bíblia, que já se tornou sua marca registrada, ele dirigiu-se ao povo brasileiro com um alerta. “O Brasil tem solução. O mundo se preocupa com o Brasil, porque somos a ‘resistência do mundo’ e que existem mais de 160 milhões de cristão no país, orando e clamando ao Senhor”, assegura.

O convite do presidenciável é para que todos “ponham a fé em ação”. Avaliando vários problemas existentes no mundo atualmente, ele explicou que existe uma verdadeira batalha pelo poder, que tem um claro aspecto espiritual.

“Eu surgi porque sou fruto desse clamor”, avisa. Daciolo explicou que manterá sua posição, descendo apenas para participar dos debates. Amanhã (26), quando terminam os 21 dias de jejum, estará no SBT, no dia 30 na Record e, em 4 de outubro, participará no da Rede Globo, o último antes da votação do primeiro turno.

“Toda hoste de Satanás que cirandei no nosso país… vai cair”, declarou em tom profético. Sem dar detalhes, acrescentou: “Os portais de Satanás que estão espalhados pelo Brasil estão sendo destruídos”.

Daciolo comparou-se com Gideão e destacou que “todos vão ter de contemplar o Deus que eu sirvo”. A convicção do deputado federal é que as pesquisas não mostram a realidade e que ele estaria muito bem colocado.

Alternando a menção a trechos bíblicos com a apresentação de algumas propostas, pede que os eleitores não pensam em votar no “menos pior”. Disse ainda que os que pensavam em votar branco, nulo ou se abster deveriam lhe dar “uma oportunidade” na urna.

Convocando os cristãos para pregarem e se levantarem contra o diabo, lamentou que existam muitos pastores envolvidos com a maçonaria “enganando” os fiéis. “Não estou atrás do poder pelo poder, seu eu estivesse atrás disso vinha como deputado federal e permanecia naquela mentira, aquela corrupção”, insistiu, voltando a fazer críticas a membros da bancada evangélica.

 
 
 
 
*Gospel Prime

Comentários