Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 22 de setembro de 2020

Geral

Mulher viraliza ao denunciar funcionário de loja que pediu para ela cobrir short

Mulher viraliza ao denunciar funcionário de loja que pediu para ela cobrir short

(Imagem: Reprodução)

O ano é 2020 e ainda tem pessoas que conseguem causar por causa da roupa que uma mulher estava vestindo. A britânica Lauren O'Connor viralizou no Twitter ao contar que foi abordada por um funcionário de um supermercado enquanto fazia compras. Tudo porque algum cliente estava incomodado com o short curto que ela estava vestindo.

"Eu estou com tanta raiva. Acabei de ser abordada por um funcionário da Sainsbury's na loja de Staines pedindo para eu 'abaixar minha camiseta'. Um idoso fez um comentário para um funcionário, que se sentiu obrigado a falar comigo enquanto eu comprava. Está fazendo 32 graus. Se eu quiser usar shorts eu vou usar", ela escreveu na rede social.

Lauren postou a foto acima no Twitter mostrando a sua roupa e continuou falando do quão incômoda foi a situação. "Tudo o que eu queria era sorvete e eu sou reprimida em uma loja por fazer isso. Estou tão desapontada. Quando nós vamos parar de dizer para mulheres como elas devem se vestir? Especialmente quando homens sem camisa frequentam mercados e eu duvido que digam para eles se vestirem", a britânica desabafou.

Após a repercussão do caso na rede social, a rede de mercados se pronunciou. A empresa respondeu o tweet de Lauren dizendo que sentia muito pelo que ela havia passado e pedindo mais informações sobre o funcionário que a abordou. Porém, alguns usuários da rede social pediram que o empregado não sofra represálias pelo que fez, já que ele estava apenas cumprindo ordens.


"Estou tão enojada com isso. Quando nós vamos parar de dar espaço para homens que não conseguem deixar de ser pervertidos? Eu estou tão cansada de ter que defender a minha existência e eu amo meu short curto", Lauren concluiu.

*iG