Aguarde. Carregando informações.
Interior

Associação Pestalozzi de Arapiraca é homenageada com Prêmio Brasil Mais Inclusão

Associação Pestalozzi de Arapiraca é homenageada com Prêmio Brasil Mais Inclusão

(Imagem: Assessoria)

A Associação Pestalozzi de Arapiraca foi uma das ganhadoras do Prêmio Brasil Mais Inclusão 2021 concedido pela Câmara dos Deputados de acordo com a lista divulgada ontem (14) pela Segunda-Secretaria. O Prêmio é destinado a empresas públicas ou privadas, entes federados (União, estados e municípios) e personalidades que tenham realizado trabalhos ou ações que mereçam especial destaque na inclusão de pessoas com deficiência. 
 
A Pestalozzi de Arapiraca completa 25 anos, neste ano, de um trabalho voltado para o público com deficiência. São 42 municípios da Região Agreste de Alagoas que utilizam os serviços. Atualmente, são atendidas cerca de 700 pessoas com algum tipo de deficiência.

 De acordo com a presidenta da Associação em Arapiraca, Susemilda Santiago, a honraria representa o reconhecimento de um trabalho responsável voltado para o público especial. “Ficamos muito felizes com a notícia de que receberemos esse prêmio porque é uma demonstração de confiança no nosso trabalho que prioriza o atendimento humanizado e com responsabilidade; agradecemos aos parlamentares pela honraria, especialmente a deputada Tereza Nelma, que não tem medido esforços para apoiar e melhorar a estrutura dos serviços voltados para o público com deficiência”, ressaltou a presidenta. 

São ofertados serviços como fonoaudiologia, fisioterapia, neuropediatria, assistência social e psicologia. Além disso, está sendo construída a nova sede do Centro Educacional Especializado (CAEEP) para atender pessoas com Síndrome de Down, autistas e outras deficiências intelectuais. 
A deputada Federal Tereza Nelma (PSDB-AL), responsável pela indicação, comemorou o resultado que reconhece os grandes serviços prestados no Agreste para o público com deficiência. “Fico feliz que, diante de tantas indicações, a Pestalozzi de Arapiraca tenha sido escolhida para receber a honraria. Isso representa muito para Alagoas, é uma forma de valorizarmos aqueles que tanto se dedicam pelos que mais precisam com um trabalho voltado para o público com deficiência que é referência no Brasil”, ressaltou Nelma. 

Foram avaliados critérios relativos aos valores básicos da igualdade de tratamento e oportunidade, da justiça social, do respeito à dignidade da pessoa humana, do bem-estar e de outros indicados na Constituição Federal ou justificados pelos princípios gerais de direito, em especial, aqueles que valorizam a pessoa com deficiência no que diz respeito ao emprego, ao trabalho e à renda. 
 
A entrega da premiação está prevista para o dia 1º de dezembro, semana em que se comemora o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência (3 de dezembro), às 10h30. Os 10 premiados, escolhidos em duas categorias (Mérito Darci Barbosa e Mérito João Ribas), receberão diplomas de menção honrosa.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria