Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 04 de agosto de 2020

Interior

Câmara de Piranhas reage e impede que prefeitura gaste 12 milhões do turismo com postes e asfalto

Câmara de Piranhas reage e impede que prefeitura gaste 12 milhões do turismo com postes e asfalto

(Imagem: Divulgação )

A Câmara de Vereadores e Piranhas reprovou por 6 a 4, o projeto do Poder Executivo Municipal, que jogam R$ 12 milhões para o Turismo, em asfalto e iluminação pública. Os parlamentares entenderam que a proposta do Executivo estava desvirtuada da finalidade do Prodetur.

Os recursos do Prodetur destinados a Piranhas não seguiam as orientações de finalidade, fato que foi alertado nas redes sociais, pelo empresário Celsinho Rodrigues. O dinheiro seria empregado em pavimentação asfáltica em bairros, que não são pontos de visitação turísticas e em iluminação pública, para o qual já existe recursos através da cobrança da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), que inclusive é uma das mais caras de Alagoas.

Os empresários de turismo tinham definido em reunião anteriores, que os recursos deveriam ser empregado em melhorias dos pontos de embarque em Entremontes e no sitio histórico na orla fluvial, além de retirada das línguas de esgotos e da quadra de  esportes, construídas no meio do sítio histórico e que é hoje uma “ferida”, dentro do contexto urbanístico colonial. Além disso havia também o pedido para revitalização do teatro, que serve também de auditório para eventos, seminários e congresso no município.

Entretanto a prefeita Maristela Sena pretendia jogar os R$ 12 milhões no asfalto em bairros da periferia, e gastar o dinheiro comprando postes e luz, quando a Prefeitura já tem muitos recursos para isso, graças ao CIP cobrada de cada residência do município.

Os vereadores depois de analisar o Projeto do Executivo chegaram a conclusão que a proposta da Prefeita, não atendia as expectativa para o desenvolvimento da atividade do turismo, que tanto tem gerado emprego e renda. Hoje Piranhas é o terceiro destino turístico em Alagoas e conhecido em todo Brasil

O presidente do Comtur disse que gostaria de falar mais sobre o assunto e que na quinta-feira (25) iriam apresentar alguns documentos que garante os recursos será empregado na melhoria dos pontos turístico de Piranhas e assim valorizar mais o destino.

Como hoje é feriado, não conseguimos falar com o Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União, para saber se os recursos do Prodetur podem ser usados em obras de pavimentação, em locais que não há fluxo turísticos, ou em iluminação pública, para a qual já existe recursos arrecadados pelo município.

*Por Mozart Luna