Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 21 de outubro de 2020

Interior

Mesmo recebendo mais de R$ 30 milhões em royalties, Coqueiro Seco é um dos municípios mais pobres de Alagoas

Mesmo recebendo mais de R$ 30 milhões em royalties, Coqueiro Seco é um dos municípios mais pobres de Alagoas

(Imagem: Ailton Cruz)

Apesar de ter recebido mais R$ 30 milhões nos últimos quatros anos em repasse dos royalties de petróleo, Coqueiro Seco continua sendo um dos mais pobre municípios de Alagoas, e por consequência desse fato, não se desenvolveu.

Estes recursos deveriam ser revertidos em benefícios para a população mas parece que isso não ocorreu porque a população sofre com o atraso visto na falta de emprego, postos de saúde fechados e a ausência de investimentos na infraestrutura da cidade. Aliado a esse problema está o do turismo no local, um setor importante para o crescimento, que por falta de investimento também parou de se desenvolver.

REPASSE

Dados levantados pelo portal Alagoas Alerta na plataforma de repasses institucionais do Banco do Brasil apontam que o município recebeu da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nos últimos quatro anos o montante de R$ 34.176.939,05 em royalties de petróleo.

Segundo informações da plataforma, no ano de 2017 Coqueiro Seco recebeu, somando as parcelas de repasse dos 12 meses, a quantia de R$ 6.444.077,06. No ano de 2018 foram repassados pela ANP, através do BB, R$ 8.721.883,96. Já em 2019 foram repassados  R$ 7.693.767,03.

De acordo com as informações do Portal da Transparência da Prefeitura, a previsão de repasse no orçamento para 2020 é da ordem de R$  11.317.211,00.  A soma de repasse nos três anos mais a previsão para 2020 chega ao total de R$ 34.176.939,05.

 

O Portal Alagoas Alerta a bem da verdade abre espaço para a Prefeitura de Coqueiro Seco para passar suas informações e prestar seus esclarecimentos através do e-mail www.redacãoalagoasalerta.com.br

*Redação Alagoas Alerta