Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 29 de maio de 2024

Polícia

Homem que apalpou nádegas de estudante em Maceió é preso e confessa o crime

Homem que apalpou nádegas de estudante em Maceió é preso e confessa o crime

(Imagem: Reprodução/TV Gazeta)

A Polícia Civil prendeu o homem que cometeu o crime de importunação sexual contra a estudante de direito Zulmira Juliana Tenório, de 26 anos. O caso ocorreu no final do mês de março, quando a estudante estava em uma moto por aplicativo no bairro da Cambona, em MaceióNo interrogatório, ele admitiu ter apalpado as nádegas da vítima.

A prisão é preventiva e foi informada pela delegada Kelly Kristynne, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher 2, nesta terça-feira (16). Ele foi indiciado pelo crime de importunação sexual cuja a pena é de 1 a 5 anos de reclusão.

O caso aconteceu no cruzamento da Avenida General Hermes com a Governador Afrânio Lages. Zulmira contou em entrevista à TV Gazeta que pediu uma corrida por aplicativo com um motociclista. Quando ele chegou, ela subiu na moto e aguardou o semáforo abrir.

"Foi tudo muito rápido. Estava tranquila, sentido linha do trem, quando eu me senti violentada. Senti que alguém tinha passado a mão na minha perna, indo para a parte das nádegas, apalpando as minhas partes. Logo eu já virei minha cabeça, sem acreditar”, afirmou a vítima.

Zulmira disse que tentou registrar tudo com o celular. Nesse momento, o homem tentou bater nela. “Ele iria me agredir. Eu comecei a gravar e ele se armou para mim. No momento da confusão, eu parei de gravar"

O mototaxista brigou com o homem, que correu em direção à avenida. Nas imagens gravadas é possível ver que o motorista de um carro branco tentou pará-lo, mas ele se esquivou, atravessou a rua e fugiu.

"Eu falo e repito com toda a certeza do mundo que, se não fosse o motoqueiro que estava comigo e ter vindo me defender, eu teria sido agredida”, contou a mulher.

*g1/AL