Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 17 de setembro de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Política

Câmara de Maceió deve intermediar junto à Prefeitura demandas de líderes comunitários da região laguna

Câmara de Maceió deve intermediar junto à Prefeitura demandas de líderes comunitários da região laguna

(Imagem: Assessoria)

Líderes comunitários e integrantes do Comitê dos Povos da Lagoa estiveram na tarde desta quarta-feira (11) em reunião com a vereadora Silvania Barbosa (PRTB) para tratar do andamento das obras do Projeto Maceió de Frente para a Lagoa. Militares do gerenciamento de crise também participaram do encontro que ocorreu no Plenário Silvânio Barbosa, na Câmara de Vereadores, e resultou no compromisso de uma nova reunião - ainda a ser confirmada - com o secretário de Infraestrutura, Mac Lira, e o secretário de Governo, Eduardo Canuto.

Entre as reivindicações dos moradores das comunidades Mundaú, Sururu, Peixe e Muvuca, no Dique Estrada, está a apresentação do contrato firmado entre a Prefeitura, construtora e demais órgão envolvidos, além do cronograma das obras.

As cinco comunidades absorvem 25 mil pessoas e além das moradias, a população quer a construção de creches, unidades de saúde e serviços públicos básicos construídos no entorno da comunidade. Segundo lideranças, não houve transparência no ato do cadastro, os moradores não confiam que a obra sairá do papel, em razão de nunca terem visto a planta do projeto e ainda reclamam que depois de fixação dos tapumes a comunidade teria ficado "ilhada" prejudicando o comércio do sururu e outros pescados.

"O local é esse mesmo. A Câmara é a casa do povo e se há dificuldade entre a comunidade e o secretário para sentar e conversar é nosso dever fazer essa ponte. Se a verba já está garantida, cabe ao Executivo o cumprimento da obra e dialogar com a comunidade faz parte do processo. Se são as casas deles, nas comunidades deles, nada mais justo que eles tenham acesso ao aos detalhes do projeto", esclareceu Silvania Barbosa.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria

Comentários