Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quinta-Feira, 18 de outubro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Política

Em Alagoas, Marina Silva diz que pretende fazer reforma da previdência

Em Alagoas, Marina Silva diz que pretende fazer reforma da previdência

(Imagem: Arquivo)

A presidenciável Marina Silva, em entrevista concedida à Radio Gazeta na manhã desta segunda-feira (24), afirmou que pretende fazer reforma política, reforma tributária e reforma da previdência, e garantiu que vai governar com todos os partidos.

A candidata a defendeu o programa Bolsa Família e comparou os seus gastos com os incentivos concedidos a empresários. “O bolsa empresário custou para o brasileiro 5% do PIB”, assinalou, afirmando que o bolsa família representa menos de 1% dos gastos. Além disso, ela lembrou que estados como Alagoas e Maranhão, que estão entre os mais pobres, precisam do programa.

Ao criticar as campanhas dos outros partidos, a candidata do Acre disse que seus adversários tem milhões, enquanto ela tem tostões. “Estou hospedada na casa da minha amiga Heloísa Helena”, frisou.  No tocante à geração de emprego, ela afirmou que vai lançar o programa “Sol para todos”, para fazer com que o sol seja fonte de energia e empregos. E também se comprometeu a fazer a revitalização do Rio São Francisco.

“Eu vou estar no segundo turno”

A candidata falou em vários momentos sobre sua trajetória, lembrou que passou fome e que saiu de sua cidade analfabeta, aos 16 anos. Concluiu estudos e se tornou professora. E considera a educação a única chance para os pobres.

Em quarto lugar nas pesquisas, ela se mostrou confiante de que vai estar no 2º turno. Disse que em sua primeira eleição para senadora estava mal em todas as pesquisas, mas foi eleita como a senadora mais votada na história do Acre. Segundo ela, as pessoas não declaram voto porque estão sendo perseguidas. “Não precisa falar em quem vai votar, porque muita gente persegue. Fique calado, dê o seu voto”, pediu Marina.

Em relação às privatizações, Marina disse que é contra e afirmou que o  governo Temer está “vendendo a prata da casa para almoçar fora”. Para ela,  as empresas públicas são fundamentais para o país.

Durante a entrevista ela prometeu o fim da reeleição, menos impostos para os mais pobres e revogação de alguns pontos da reforma trabalhista de Temer são algumas de suas promessas. Por fim, Marinha afirmou que vai governar para os mais pobres, recuperar as coisas boas do governo do PSDB e as coisas boas do governo do PT. “Vamos fazer sem roubar!”, assegurou.

*Redação Alagoas Alerta com Tribuna Hoje

Comentários