Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 17 de janeiro de 2018 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Vídeos

Jojo Todynho vira sensação na internet com single Que Tiro Foi Esse

Jojo Todynho vira sensação na internet com single Que Tiro Foi Esse

(Imagem: Divulgação)

Você já ouviu o hit Que Tiro Foi Esse, da cantora carioca Jojo Maronttinni, conhecida como Jojo Todynho? Caso não, por favor, ouça e resista se for capaz à gostosa levada funk com molho reggaeton e letra divertida: “Que tiro foi esse?/Que tiro foi esse que tá um arraso!/Que tiro foi esse, viado?/Que tiro foi esse que tá um arraso!”.

O single chegou esta semana ao 1º lugar da parada Spotify Brasil Viral 50 e ao 11º posto na playlist mundial Global Viral 50, enquanto o videoclipe, lançado dia 29/12, já ultrapassou 5,3 milhões de visualizações no YouTube. Ou seja, viralizou e tem gerado coreografias e brincadeiras “tiro e queda” país afora.

 
 

Que tiro foi esse, viado? “É surreal o que está acontecendo”, responde, feliz,  por telefone, do Rio, a funkeira de 20 anos que integra o cast do Funk Hits, selo da gravadora Universal Music dedicado ao estilo. 

Jojo Todynho já havia chamado atenção com o single/clipe Sentada Diferente e a sua participação no videoclipe Vai Malandra, da estrela Anitta, mas agora estourou de vez: “Anitta me convidou para participar da gravação do clipe no Vidigal e topei na hora, claro. Sou muito fã dela”, lembra.

“Eu costumo falar ‘que tiro foi esse, viado’ nas minhas conversas, naturalmente, e aí surgiu a ideia de fazer uma música em torno dessa frase”, explica sobre a letra do single que conquistou também os gays.

“Tenho amigos gays. Sou a favor da diversidade de sexo, de raça, de peso, de religião, todos os tipos. Cresci e fui educada assim, a dar um foda-se para o preconceito, para o machismo, não tem essa de mulher depender de homem, não”, diz Jojo cheia de personalidade.

Com o sucesso nas redes sociais, onde tem mais de 1 milhão de seguidores, Jojo Todynho também atraiu os odiadores digitais de todos e tudo, inclusive do fato de uma mulher negra, funkeira e gorda de sutiã número 58 fazer sucesso.  

Com muita autoestima, ela não está nem aí para os haters: “Aprendi a lidar com esse tipo de gente frustrada desde cedo. O mundo dá volta e gente assim paga aqui mesmo na Terra", diz. Filha de mãe baiana, Jojo sonha em fazer show em Salvador e visitar os parentes”. A Bahia te espera, garotona. 

*Popland

 

Comentários