Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sábado, 24 de agosto de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Esportes

CSA sofre dois gols no 1º tempo e perde para o Fortaleza em pleno Rei Pelé

CSA sofre dois gols no 1º tempo e perde para o Fortaleza em pleno Rei Pelé

(Imagem: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)

O CSA continua na saga em busca da segunda vitória no Brasileirão. Contra o Fortaleza, o jogo desta segunda foi decidido em 36 minutos. Bruno Melo e Edinho deram números finais a partida realizada nesta segunda-feira (12) no estádio Rei Pelé: 2 a 0 para o Leão. Este foi o oitavo confronto seguido do Azulão em que ele não sentiu o sabor da vitória.

A partida foi tranquila, sem muitas polêmicas. O Fortaleza acabou com qualquer ideia de jogo do CSA logo aos quatro minutos do primeiro tempo. Em uma falta cobrada na área, Bruno Melo cabeceou firme a abriu o placar no Rei Pelé.

A partir disso, o Azulão teve que sair para o jogo e tentar uma pressão pelo empate. Sem sucesso. Por mais que o time comandado por Argel Fucks tentasse, faltava criatividade e, principalmente, chutar a gol. Jonatan Gómez teve uma oportunidade para finalizar dentro da área, mas preferiu arriscar o passe para Ricardo Bueno, que não alcançou a bola primeiro que o defensor do Leão.

Mesmo pressionando o adversário, o CSA dava espaços no contra-ataque. Porém, não foi dessa forma que o Azulão tomou o segundo gol. Em uma furada de Carlinhos, Edinho ficou cara a cara com Jordi e não perdoou. Daí para frente, o Fortaleza só precisou manter a posse de bola e assegurar o resultado.

A segunda etapa foi de um CSA tentando diminuir o marcador, mas, visivelmente abalado, não foi efetivo. O lance mais perigoso do Azulão na partida veio somente aos 42' do segundo tempo, com Alecsandro. O centroavante recebeu um cruzamento na área e chutou a bola no travessão.

Bustamante estreou no setor ofensivo, mas pouco conseguiu fazer. Tentou algumas jogadas individuais, mas, assim como toda equipe, não era o dia do atacante.

Essa derrota complica mais ainda a vida do CSA na Série A, que agora vai enfrentar o Fluminense domingo, no Maracanã. Em penúltimo lugar na competição, o clube alagoano precisa de uma reação urgente se quiser se manter na elite nacional.

*Redação Alagoas Alerta com Globo Esporte/AL

Comentários