Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quinta-Feira, 21 de outubro de 2021

Interior

Covid-19: Arapiraca inicia hoje a aplicação das doses de reforço e adicional em idosos e imunossuprimidos

Covid-19: Arapiraca inicia hoje a aplicação das doses de reforço e adicional em idosos e imunossuprimidos

(Imagem: Pablício Vieira/Ascom Arapiraca)

A Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que, a partir desta quinta-feira (23), dará início a aplicação da terceira dose de vacina contra a Covid-19 para idosos com mais de 70 anos e para os imunossuprimidos.

A coordenadora de Doenças Imunopreveníveis de Arapiraca, enfermeira Mônica Suzy, esteve reunida na manhã desta quarta-feira (22), com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) para receber as orientações acerca da aplicação das doses de reforço e adicionais.

“De acordo com nota técnica assinada pelos órgãos, a terceira dose deve ser de uma vacina heteróloga, ou seja, de uma farmacêutica diferente das duas primeiras”, explicou a profissional.

Quem tomou a primeira e a segunda dose da Coronavac ou da AstraZeneca, tomará a terceira dose com a Pfizer. E quem tomou primeira e segunda dose da Pfizer, tomará a terceira com a AstraZeneca.

A dose de reforço é destinada exclusivamente para idosos e indivíduos com alto grau de imunossupressão, considerando que esses grupos apresentam menor proteção pelo esquema padrão da vacinação aos demais diversos tipos de imunizantes.

Confira como se dará a aplicação das terceiras doses:

  • IDOSOS COM MAIS DE 70 ANOS – A terceira dose (ou dose de reforço) poderá ser aplicada após 180 dias do recebimento da última dose do esquema básico (segunda dose ou dose única – no caso da Janssen);
  • IMUNOSSUPRIMIDOS – A terceira dose (ou dose adicional) poderá ser aplicada após 28 dias de recebimento da última dose do esquema básico (segunda dose ou dose única – no caso da Janssen).

Obs.: Estão aptos a receber a dose adicional (imunossuprimidos), os arapiraquenses que se encaixam nos seguintes critérios:

  • Imunodeficiência Primária Grave;
  • Quimioterapia para Câncer;
  • Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH);
  • Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4;
  • Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias;
  • Uso de drogas modificadoras da resposta imune (vide tabela 1);
  • Pacientes em hemodiálise;
  • Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Arapiraca dará início a aplicação das terceiras doses com a população que vive em Instituições de Longa Permanência (ILPs), como a Casa dos Velhinhos e o Lar Antônio Jorge.

Um calendário de vacinação será montado nos próximos dias para atender a população que mora na zona rural de Arapiraca, levando em consideração que o imunizante disponível será o da Pfizer, que requer uma estrutura de refrigeração mais adequada.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria