Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 24 de fevereiro de 2021

Polícia

Suspeito de matar garota de programa asfixiada diz que vítima se apossou do celular dele

Suspeito de matar garota de programa asfixiada diz que vítima se apossou do celular dele

(Imagem: Reprodução )

O suspeito de matar uma garota de programa asfixiada disse, em depoimento, que a vítima teria se apossado do celular dele como garantia do pagamento do programa, e, logo após, os dois entraram em uma luta corporal. O crime aconteceu na noite dessa sexta-feira (19), no bairro de Cruz das Almas, em Maceió.

De acordo com um dos agentes do Ronda do Bairro, que esteve na ocorrência, o suspeito alegou ter tido relações sexuais com a mulher e ela teria se apossado de seu celular como garantia do pagamento do programa. Os dois, logo em seguida, entraram em luta corporal. A vítima, -que é trans, foi morta após um golpe de enforcamento conhecido como “mata-leão”.

Ao tentar fugir do local, o suspeito foi ao quarto da amiga da vítima, momento em que ela conseguiu colocá-lo para fora e pediu ajuda. O acusado foi preso em flagrante.

Os agentes do Ronda do Bairro tentaram reanimar a vítima, mas não obtiveram êxito. Logo após, acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que constatou o óbito da mulher trans no local. Os institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) foram acionados para realizar a perícia e recolher o corpo, respectivamente.

O celular do suspeito foi apreendido e a guarnição conduziu o acusado e a testemunha à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Chã de Bebedouro, para realização de um Boletim de Ocorrência (BO).