Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sábado, 24 de agosto de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Polícia

Vítima de acidente que teve corpo carbonizado é identificada oficialmente pelo IML

Veículo conduzido pela vítima pegou fogo após colidir com um poste

Vítima de acidente que teve corpo carbonizado é identificada oficialmente pelo IML

(Imagem: Reprodução)

O Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima confirmou na manhã de hoje (10), a identificação odontolegal do corpo do motorista morto carbonizado em um acidente de trânsito em Maceió. Através do exame de arcada dentaria ficou confirmado que a vítima é o alagoano Ricardo Edberto Ferreira dos Santos, de 29 anos.

A odontolegista responsável pelo caso, Dra. Ana Paula Cavalcante Carneiro Nemésio, explicou que o exame foi realizado após apresentação de um relatório detalhado entregue pela dentista da vítima aos familiares. O documento continha informações importantes sobre diversos tratamentos odontológicos e também um tratamento endodôntico (de canal).

“Com este relatório em mãos fiz a comparação das informações com os dados do exame post mortem. Todos os tratamentos eram coincidentes e o tratamento de canal foi confirmado por mim através de imagens feitas no scanner de corpos do Instituto Médico Legal”, afirmou a odontolegista.

Ricardo Edberto morreu carbonizado na madrugada da última quinta-feira (08), após o carro que ele conduzia bater em um poste e pegar fogo na Avenida Durval de Góes Monteiro, parte alta de Maceió. Diante do estado de carbonização do corpo, não foi possível o reconhecimento facial ou identificação por impressões digitais, sendo necessário o exame odontolegal.

Com a identificação oficial, os restos mortais da vítima foram liberados pelo IML de Maceió para os familiares realizarem o velório e o sepultamento do corpo do taxista.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria 

Comentários