Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 18 de fevereiro de 2020

Tecnologia

Você sabia? Vazamento da Microsoft expõe dados de 250 milhões de usuários; saiba mais

Você sabia? Vazamento da Microsoft expõe dados de 250 milhões de usuários; saiba mais

(Imagem: Reprodução)

A Microsoft pode ter exposto 250 milhões de registros de usuários, devido a uma falha no banco de dados de atendimento ao cliente. O vazamento aconteceu no dia 5 de dezembro, mas só foi revelado na última quarta-feira (22) em um relatório da Comparitech, empresa especializada em segurança digital. De acordo com a companhia, alguns textos encontrados traziam informações pessoais de clientes, como e-mail, endereço IP, localização e outros dados sigilosos. No entanto, não há indícios de que esses dados tenham sido usados por criminosos.

Segundo um post no blog da Microsoft, o problema aconteceu por conta de uma configuração incorreta no banco de dados de suporte ao cliente. Esse erro fez com que as conversas de chat dos últimos 14 anos entre os clientes e os técnicos do suporte, armazenadas em um servidor específico, fossem reveladas. Apesar disso, a empresa informou que medidas já foram tomadas para corrigir a falha.

 

De acordo com o relatório da Comparitech, esse tipo de vazamento de dados pode potencializar novos golpes em que criminosos se passam por agentes do suporte técnico para obter informações pessoais ou até dinheiro do cliente. Entretanto, neste caso específico, nenhuma ação criminosa foi comprovada. A Microsoft, por sua vez, garantiu que editou o banco de dados para que essas referências fossem retiradas depois do ocorrido.

Como o vazamento afeta clientes do mundo todo, é bem provável que também tenha dados de brasileiros, embora não haja confirmação disso. No entanto, a princípio, não é preciso se preocupar, visto que não há registros de que a informação tenha sido usada por criminosos. De qualquer forma, nunca forneça dados pessoais a estranhos, mesmo se alegarem ser do suporte de alguma empresa, e procure sempre os canais oficiais para confirmação.

Além disso, vale destacar que a Microsoft não costuma procurar os clientes oferecendo assitência técnica. São os usuários que devem buscar ajuda da companhia. Então, desconfie caso alguém use essa abordagem para entrar em contato com você.

Governo Novo 2020

*Redação Alagoas Alerta com TechTudo