Aguarde. Carregando informações.
MENU

Terça-Feira, 21 de maio de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Internacional

Confrontos na fronteira de Gaza com Israel deixa quase 50 feridos

Confrontos na fronteira de Gaza com Israel deixa quase 50 feridos

(Imagem: Reprodução)

Tropas israelenses feriram quase 50 palestinos na fronteira de Gaza nesta quarta-feira (15) durante protestos que marcaram o 71º aniversário da "Nakba", ou catástrofe, quando muitos palestinos perderam as casas nos combates ocorridos durante a criação de Israel, disseram autoridades de Gaza.

Milhares haviam se reunido na divisa do enclave litorâneo com Israel, cenário de conflitos sangrentos ao longo do último ano que provocaram alarme internacional.

Grupos se aproximaram da cerca da fronteira, fincando bandeiras palestinas e atirando pedras contra soldados israelenses do lado oposto, apesar dos esforços de seguranças com coletes laranja para manter os manifestantes longe da barreira, disseram testemunhas.

Tropas israelenses dispararam gás lacrimogêneo e balas de borracha para repeli-los, mas também munição real, segundo as testemunhas.

O Ministério da Saúde de Gaza disse que ao menos 47 pessoas ficaram feridas, mas não ficou claro quantas destas foram atingidas por munição real e quantas foram vítimas de gás lacrimogêneo e balas de borracha.

 

Os militares de Israel disseram que cerca de 10 mil manifestantes e arruaceiros se reuniram em vários locais ao longo da cerca da Faixa de Gaza.

"Os arruaceiros estão incendiando pneus e atirando pedras. Vários artefatos explosivos foram lançados de dentro da Faixa de Gaza, também, e foram feitas várias tentativas de romper a cerca de segurança. As tropas estão reagindo com meios de dispersão de tumulto."

Os protestos desta quarta-feira foram convocados para marcar o Dia da Nakba, o que os palestinos qualificam como a catástrofe da fundação de Israel, em 1948, quando centenas de milhares fugiram ou foram expulsos de terras no que hoje é Israel.

*Redação Alagoas Alerta com R7

Comentários