Aguarde. Carregando informações.
Internacional

Senadores pedem que presidente dos EUA não dê dinheiro ao Brasil caso desmatamento não diminua

Senadores pedem que presidente dos EUA não dê dinheiro ao Brasil caso desmatamento não diminua

(Imagem: Kevin Lamarque/Reuters )

Um grupo de 15 senadores do Partido Democrata dos Estados Unidos enviou uma carta ao presidente americano nesta sexta-feira (16) em que reclamam da falta de medidas para preservar o ambiente por parte do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Os políticos dos EUA também pedem para que Biden condicione qualquer apoio à preservação da Amazônia a um progresso nas ações brasileiras.

A carta foi assinada por senadores como Patrick Leahy, líder do comitê que aprova os gastos de dinheiro do governo; Bob Menendez, do comitê de relações exteriores e Bernie Sanders, que foi pré-candidato à presidência dos EUA.

Há expectativa de um encontro entre Biden e Bolsonaro, além de outros líderes internacionais, para falar sobre o clima.

Aparentemente, a carta tem como objetivo evitar que Bolsonaro consiga se reposicionar como um líder disposto a cooperar para a preservação do ambiente só para garantir um repasse de bilhões de dólares.

Na carta, os senadores também afirmam que se o ritmo de desmatamento não melhorar, eles não vão aprovar o pedido do Brasil de ingressar na OCDE, uma espécie de clube de países ricos (esse é um dos objetivos de Bolsonaro).

*Redação Alagoas Alerta com G1