Aguarde. Carregando informações.
Maceió

Prefeitura de Maceió vai disponibilizar laudo para morador confrontar Braskem

Prefeitura de Maceió vai disponibilizar laudo para morador confrontar Braskem

(Imagem: Ailton Cruz; Leo Caldas )

A Prefeitura de Maceió vai inaugurar nesta terça-feira, 04, um Centro de Acolhimento e Triagem para ajudar os moradores que tiveram seus imóveis atingidos pelo afundamento causado pela extração de sal-gema feita pela Braskem.

Os moradores vão poder pedir para o CREA laudos de avaliação dos imóveis afetados para contrapor aos que estão sendo feitos por empresa contratada pela Braskem, assim como também terão assistência jurídica que será prestada pela seção alagoana da OAB. A prefeitura diz que até agora somente 30% das famílias atingidas aceitaram as negociações propostas pela companhia.

A Braskem informa que já identificou todos os 14.319 imóveis incluídos no mapa definido pela Defesa Civil de Maceió e que até o momento  apresentou mais de 6 mil propostas às famílias, com índice de aceitação de 99,8%. O total pago foi de  cerca de R$ 713 milhões em indenizações, auxílios-financeiros e honorários de advogados.

A provisão total da empresa para é de 10 bilhões de reais. De acordo com as informações prestadas em seu último balanço, referente ao ano de 2020, os recursos serão usados “para fechamento e monitoramento dos poços anteriormente utilizados nas atividades de extração de sal-gema, implementação de medidas sócio-urbanísticas e apoio na desocupação de moradores”.

*Veja