Aguarde. Carregando informações.
MENU

Quarta-Feira, 28 de fevereiro de 2024

Vídeos

Mulher não pode acreditar quando vê pequeno sobrevivente se aproximar; veja vídeos

Mulher não pode acreditar quando vê pequeno sobrevivente se aproximar; veja vídeos

(Imagem: Reprodução )

No mês passado, a protetora de animais Rian Feldman estava ouvindo seus recados quando recebeu uma mensagem que trazia um pedido de ajuda comovente, para um porquinho perdido em uma floresta próxima e, de acordo com alguns vizinhos, estava sozinho por ali havia alguns dias.

Feldman, fundadora do abrigo de animais Uncle Neil's Home, sabia que o porquinho provavelmente havia escapado de um criador e que o encontrar em uma área rural tão ampla não seria uma tarefa fácil. Contudo, ao contrário do que ela imaginava, o animalzinho sobrevivente foi até ela.

Em entrevista ao The Dodo, Feldman disse que não conseguia acreditar nos próprios olhos, mas que, mesmo que o porquinho a tivesse encontrado e ido em sua direção, ela precisaria ter cuidado para não o assustar ao se aproximar, ou ele poderia fugir.

Foram cerca de quatro horas tentando conquistar a confiança do porquinho, que tinha muito receio de confiar em humanos. “Sentei-me imediatamente na frente dele para ficar em seu nível e falei com uma voz calma para relaxá-lo e mostrar a ele que eu não era uma ameaça”, disse Feldman.

O porquinho finalmente se sentiu seguro e começou a pegar castanhas das mães de Feldman. Ela sabia que estava chegando o momento de capturá-lo e que precisava ser rápida. Então, na primeira oportunidade, ela enfiou o animal em sua blusa de moletom e o segurou nos braços, e o porquinho apenas relaxou.

“No momento em que o coloquei em meu carro, nós dois relaxamos e nos acomodamos e sentamos lá por 10 minutos apenas descansando e descomprimindo”, disse Feldman. “Ele sentou no meu colo pacificamente durante toda a volta para casa.”

De volta ao santuário, Feldman avaliou rapidamente o estado do porquinho que estava com alguns ferimentos e infecção de pele. Ela então passou a chamá-lo de Cashew (Caju, em português), já que conseguiu conquistar sua confiança oferecendo castanhas como recompensa.

Cashew começou um tratamento com um veterinário e passou a dormir em uma cama quentinha com ursinhos de pelúcia para fazer companhia. Pelo Instagram, Feldman está compartilhando o andamento do tratamento e um pouco do dia a dia do doce Caju, assim como de outros animais sob seus cuidados.

Publicidade

“Cashew é apenas um bebê. Ele adora pular em cima do urso e comer molho de maçã – seu lanche favorito. Ele adora rastejar em seus cobertores e cochilar sob sua lâmpada de calor em sua cama.

Quando estiver totalmente recuperado, ele viverá sua nova vida com outros porcos no santuário. “Ele tem uma família perfeita de porcos, todos resgatados, que estão esperando que ele se junte ao grupo!” disse Feldman. “Ele não conhecerá nada além de amor e segurança pelo resto de sua vida.”

*iG/Canal do Pet