Aguarde. Carregando informações.
MENU

Domingo, 21 de abril de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Alagoas

Luciano Barbosa reúne prefeitos hoje para anunciar novas ações do Escola 10

Luciano Barbosa reúne prefeitos hoje para anunciar novas ações do Escola 10

(Imagem: Valdir Rocha)

O vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa, reunirá prefeitos dos 102 municípios alagoanos para anunciar benefícios e ações do Programa Escola 10 para 2019, repetindo o feito de 2017, quando lançou o programa. O encontro acontece nesta segunda-feira (11), às 9h, na Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), com a presença também da secretária executiva Laura Souza e superintendentes das áreas finalísticas.

Dentre os anúncios, Luciano destacará as 38 prefeituras que atingiram as metas estipuladas pelo programa em 2017 e como serão distribuídos os 550 mil livros confeccionados pelo Governo do Estado e que vão beneficiar cerca de 160 mil alunos das redes municipais e estadual. Para o vice-governador e secretário, o fortalecimento dessa parceria com os municípios é indispensável para o avanço dos índices educacionais e qualidade do ensino.

“Sempre acreditamos que a união entre Estado e municípios seria fundamental para atingirmos as metas estabelecidas para a educação em Alagoas, pois tudo começa lá, no município, que detém 95% das matrículas da educação infantil e ensino fundamental. São esses estudantes que recebemos na rede estadual. O Escola 10, hoje lei, foi pensado estrategicamente para atender cada etapa e deu certo. Graças ao compromisso do governador Renan Filho, à força dessa parceria com prefeitos e secretários municipais e à dedicação de técnicos e profissionais comprometidos, alcançamos resultados inimagináveis para Alagoas em tão pouco tempo. E vamos continuar trabalhando nestes três pilares: matricular nossas crianças e jovens, mantê-los na escola e garantir a aprendizagem. Nisso estará nossa atenção e nosso trabalho”, garantiu Luciano.

Escola 10

O Escola 10 foi lançado em 2017 como uma proposta de articulação com os municípios para a melhoria da qualidade da educação em Alagoas. Dentre as principais estratégias estão o acompanhamento pedagógico de todas as escolas públicas municipais e estaduais, com a realização da Prova Alagoas com diagnóstico, fornecimento de material didático complementar além da designação de três mil articuladores de ensino para atuar em todas as escolas, e ainda formações para articuladores, secretários municipais de educação e para os gestores das escolas da rede estadual.

O programa se tornou lei em novembro de 2018, com a sanção do então governador em exercício Luciano Barbosa, como política permanente de garantia de direitos de aprendizagem dos estudantes das redes públicas municipais e estadual em Alagoas.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria

Comentários