Aguarde. Carregando informações.
MENU

Segunda-Feira, 14 de junho de 2021

Polícia

PM realiza operações policiais no interior de AL

PM realiza operações policiais no interior de AL

(Imagem: Reprodução )

A Polícia Militar de Alagoas, através de suas Unidades Operacionais, está intensificando as ações de segurança pública em todos os municípios do Estado com o propósito de impedir crimes e proteger a sociedade. Nas últimas 24 horas, duas operações foram deflagradas nas cidades de Campo Alegre e Coruripe, interior alagoano.

Operação Campo Alegre mais Segura

Na área da 1ª Companhia Independente, seguindo determinação e direcionamento da SSP, do CPI e do CPAI-II, uma operação policialfoi deflagrada para coibir Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) e o tráfico de drogas no município de Campo Alegre.

Foram realizados diversos pontos de bloqueio e saturação das áreas, com abordagens a bares, veículos, pessoas e feitas incursões locais.

A operação contou com o emprego do efetivo da CISP local, Pelopes e apoio do BPRv e Grupamento Aéreo.

Operação Arapuca

Já em Coruripe, sob o comando do capitão Ribeiro, comandante da 2ª Cia do 11° BPM, uma operação policial foi deflagrada para dar cumprimento a 14 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital. A ação também objetivou coibir a prática de homicídios e o comércio ilegal de drogas na região.

A operação contou com o apoio da SSP, 3° BPM, da 1ª CPM/I, equipes de Força Tarefa e guarnições do serviço ordinário do 11° BPM.

Durante a ação foi efetuada a prisão de um homem de 23 anos na posse  do seguinte material:915 gramas de substancia análoga a maconha;33,7 gramas de substancia análoga a cocaína;21 pinos de substancia análoga a cocaína;11 bombinhas de substancia análoga a crack; um revolver calibre 38; seis munições de calibre 38; duas balanças digitais e a quantia de R$ 246,00 reais em espécie.

A Polícia Militar ressalta que ações como esta somente são possíveis com o apoio da população através de denúncias feitas pelos canais 181 e 190, onde o anonimato e o sigilo das informações são garantidos, resultando nassim em uma sociedade civil organizada e voltada para o bem coletivo.

*Redação Alagoas Alerta com Assessoria