Aguarde. Carregando informações.
MENU

Sábado, 24 de agosto de 2019 | TEMPO: PARCIALMENTE NUBLADO

Polícia

Suspeito de publicar conteúdo ofensivo contra homossexuais no Facebook é indiciado pela polícia

Hugo D`Leon Cardoso de Mendonça, 33 anos, disse que tudo não passou de uma brincadeira

Suspeito de publicar conteúdo ofensivo contra homossexuais no Facebook é indiciado pela polícia

(Imagem: Reprodução)

A Polícia Civil de Alagoas (PC/AL), por meio da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), instaurou um inquérito para investigar postagens com conteúdo ofensivo contra homossexuais e transexuais e, no fim das investigações, indiciou o suspeito. A origem do caso se deu com uma denúncia anônima de que um perfil na rede social Facebook estaria publicando os textos. 

O suspeito foi identificado como Hugo D`Leon Cardoso de Mendonça, 33 anos,  e durante seu interrogatório falou que tudo não passou de uma brincadeira e que não tinha a intensão de ofender os homossexuais. O delegado Thiago Prado relata que os textos publicados pelo suspeito, além de repugnantes, enquadram-se como crime de homofobia, que, de maneira provisória, está sendo tratado pela lei de racismo, conforme entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF). 

No relatório do inquérito policial, o delegado solicitou ainda que o juiz determine ao Facebook o bloqueio imediato do perfil do autor, visto que as postagens ofensivas ainda estão online. Caso seja condenado pela Justiça, Hugo pode pegar uma pena de até cinco anos de prisão. 

*Redação Alagoas Alerta

Comentários